Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santiago: Município de São Miguel completa hoje 24 anos da sua criação

Calheta, São Miguel, 29 Set (Inforpress) – O município de São Miguel, no interior de Santiago, separado em 1996 como uma freguesia do concelho do Tarrafal, comemora hoje, 29 de Setembro, os 24 anos da sua criação.

Com 14.648 habitantes, sendo 5.7% da ilha e 3.1% do país, São Miguel é um município rural da ilha de Santiago com uma área de 77,510 quilómetros quadrados confrontando: Norte com o Tarrafal, Sul com Santa Catarina, Leste com Oceano Atlântico, Oeste, Santa Catarina, Sudeste com Santa Cruz.

São Miguel apareceu logo no rol das freguesias de Santa Catarina, quando esta foi criada em 1834, no processo de descentralização administrativa da ilha. Santa Catarina na altura responsabilizava pela administração de Santiago Norte.

Mais tarde, em 1917, com a criação do município do Tarrafal, São Miguel passou a fazer parte desse município.

Em 1996, nos termos da Lei nº 11/V/96 de 11 de Novembro esta freguesia é elevada à categoria de concelho, e tem como sede administrativa a cidade de Calheta.

O Dia do Município coincide exactamente com o dia da celebração das festas de São Miguel Arcanjo, 29 de Setembro. Desde 2008, o município do São Miguel vem sendo governado pelo Movimento para a Democracia (MpD).

Devido às restrições que se impõem face à situação provocada pela pandemia de covid-19, para assinalar os 24 anos do município e o seu santo padroeiro foram realizadas actividades desportivas e uma sessão solene, cujas actividades culminam hoje com uma eucaristia, aprazada para as 10:30.

Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) de 2018, no campo da educação 77,83 % da população com 15 ou mais anos é alfabetizada, com maior incidência na faixa etária entre 15-24 anos em que a taxa sobe para 97,8%.

Relativamente ao mercado de trabalho, o INE estima que 39,1% da população activa de São Miguel encontra-se ocupada, sendo 47,1 % homens e 32,8% mulheres. A taxa do desemprego é de 14,8 %, 16,9 nos homens e 12,4 nas mulheres, sendo que o desemprego afecta 24,4% dos jovens (15-24).

Nas condições de vida, 84,4% dos 3.643 agregados familiares têm acesso à electricidade, 61,4% têm acesso à casa de banho, 56,2% acesso à água canalizada (rede pública), 53,6% usam contentores para evacuação do lixo, 34,3% usam gás para cozinhar e 65,1% usam lenha para cozinhar.

No acesso às tecnologias de informação e comunicação (TIC), o telefone fixo chega a 15,6% das habitações, 64,9% têm televisão, 10,7% têm televisão por assinatura, 24,2% têm computador e 9,8 % ‘tablet’ e 60,5% usam Internet no alojamento.

FM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos