Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santiago: Câmara do Tarrafal promove primeira edição do Festival de Batuque e Finason

Tarrafal, 29 Jul (Inforpress) – A autarquia tarrafalense vai realizar, a 31 de Julho, a 1ª edição do Festival de Batuque e Finason com a finalidade de fomentar a solidariedade e a união entre os grupos culturais desses dois géneros musicais de Cabo Verde.

O evento, que vai decorrer no centro da cidade do Tarrafal e sob o lema “Batuco nós Tradison (batuque, nossa tradição, em português)”, de acordo com uma nota da Câmara Municipal do Tarrafal, está enquadrado nas comemorações do Dia Nacional do Batuque, a ser assinalado pela primeira vez a 31 de Julho.

Segundo a mesma fonte, pretende-se ainda com esta iniciativa, realizada em parceria com a Associação “Delta Cultura” e que vai reunir outros grupos da ilha de Santiago, homenagear a “rainha de batuque” Bibinha Cabral e incentivar as pessoas a tomarem a vacina contra a covid-19.

Nesse sentido, paralelamente ao evento o Centro de Saúde do Tarrafal vai instalar uma tenda para vacinar todas as pessoas elegíveis.

A lei que estabelece o 31 de Julho como Dia Nacional do Batuque entrou em vigor a 06 de Maio, visando a valorização do mesmo como um dos géneros musicais mais antigos de Cabo Verde.

A iniciativa tem como objectivo reconhecer a sua importância como Património Nacional além de louvar os intérpretes e aqueles que ajudaram na criação do universo cultural diversificado que expressa, no batuque, a alma cabo-verdiana e reconhecer os direitos humanos, os direitos dos cidadãos, das populações e das mulheres.

Batuque é um género musical cabo-verdiano, tradicionalmente executado por mulheres, que se baseia na percussão e no canto e dança. É um património cultural de Cabo Verde, principalmente na ilha de Santiago.

O batuque, segundo dados históricos, é um género musical originário da ilha de Santiago, com características padrões, desde o século XVIII, sendo provavelmente o género mais antigo de Cabo Verde.

O Dia Nacional do Batuque é comemorado por toda a nação cabo-verdiana, no País e na diáspora.

FM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos