Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santa Cruz: Quinze jovens agricultores terminam formação sobre género

Pedra Badejo, 24 Fev (Inforpress) – Quinze jovens agricultores do município de Santa Cruz terminaram hoje uma formação sobre o género, visando prepará-los para que possam trabalhar na questão da transversalidade do género em toda a cadeia do sector agrícola.

A acção formativa, que teve duração de dois dias, foi uma iniciativa da Coopermodo, em parceria com a Câmara Municipal de Santa Cruz, no âmbito do projecto “Terra de Valor”.

No curso, que contou com presença de sete jovens de sexo masculino e oito do sexo feminino, de 10 localidades desse município do interior de Santiago, foram abordados temas como género e agricultura, violência baseada no género e entre outros.

Segundo a vereadora do Desenvolvimento Económico e Social, Jamira Duarte, esta formação teve ainda como objectivo reforçar as competências dos beneficiários desse projecto sobre a questão de cooperativismo e associativismo para que possam valorizar toda a cadeia do sector agrícola.

E tendo em conta que, segundo ela, o sector agrícola é um “grande potencial” de Santa Cruz, faz todo o sentido reforçar as competências humanas, visando agregar valor para que se possa desenvolver esse sector na plenitude.

“Não podemos falar do desenvolvimento agrícola sem termos pessoas capacitadas (…). E a valência desse projecto [Terra de Valor], é sobretudo reforço de competências em toda a cadeia do sector agrícola para que possamos ter jovens e mulheres capacitadas para revolucionarem este sector, desde a produção até o escoamento do produto até o mercado”, defendeu.

Segundo informações da autarquia, mais um grupo de 15 jovens e mulheres vai igualmente, receber uma acção de capacitação semelhante, entre esta quinta-feira e sexta-feira.

O projecto “Terra de Valor”, orçado em mais de 260 milhões de contos, é co-financiado pela Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento (AID 011878).

O mesmo é uma parceria entre a COOPERMONDO, COSPE onlus, Citi-Habitat, Laço Branco, Comité Regionais Parceiros (CRP) Santiago Norte, Comité Regionais Parceiros (CRP) Ilha do Fogo, Instituto Nacional de Desenvolvimento Agrário (INIDA), Direcção Geral de Agricultura, Silvicultura e Pecuária (DGASP) e Câmara Municipal de Santa Cruz.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos