Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santa Cruz: PAICV pede “urgência” na resolução do problema de água e da empresa Justino Lopes (c/áudio)

Pedra Badejo, 30 Ago (Inforpress) – Os deputados do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) pediram hoje que o Governo resolva “com urgência” o problema de água e exigiram a conclusão do processo da empresa Justino Lopes.

Em declarações à imprensa, em jeito de balanço, o porta-voz dos parlamentares, Carlos Rodrigues, disse que a visita teve por objectivo inteirar-se das condições das famílias, da faina agrícola e das intervenções do Governo nesse município do interior de Santiago.

Sobre o problema de água, mostrou-se triste com o facto de o Governo, ter instalado e inaugurado, nas vésperas das eleições legislativas, uma dessalinizadora, que segundo ele, ainda não entrou em funcionamento, para beneficiar 40 agricultores.

“E mais, esta dessalinizadora não cobre nem um quarto das necessidades desta ribeira. Os agricultores e as famílias passam por penúria de água tanto para o consumo doméstico quanto para a agricultura”, lamentou o deputado do PAICV por Santiago Norte.

Outra reivindicação dos agricultores, informou, tem a ver com a empresa Justino Lopes, que conta com mais de 80 associados, que outrora foi “maior complexo agro-alimentar do País”, mas que hoje se encontra abandonada e em “falência total”.

Nesse sentido, Carlos Rodrigues defendeu ser “urgente” uma actuação do executivo, visando a conclusão do processo desta empresa que empregava directamente 500 pessoas e indirectamente mais de 1500.

Outrosssim, lembrou que os trabalhadores da empresa Justino Lopes estão com mais de 59 meses de salários em atraso desde 2009.

“É urgente uma actuação do Governo para fechar o processo desta empresa pois esta encontra-se em falência total e as famílias aguardam um posicionamento do executivo”, advogou.

E tendo em conta, que segundo ele, os dados sobre o Emprego e Mercado de Trabalho de 2020 indicam que no município o desemprego continua a aumentar (21.5%), e as pessoas em situação de inactividade continuam a aumentar (62.8%), disse acreditar que através da empresa Justino Lopes poderão resolver os problemas das famílias santa-cruzenses.

Na ocasião, o PAICV também falou do arranque do novo ano lectivo previsto para 13 de Setembro próximo em Santa Cruz, afirmando que o “estado da educação no município tem degradado”.

Para sustentar a sua afirmação, Carlos Rodrigues informou que assim como nos anos anteriores o Ministério da Educação vai recorrer ao arrendamento de casas de particulares para instalar salas de aula, que na sua opinião não são apropriadas para se leccionar.

“Por isso, apelamos, novamente, à urgência da reabilitação da Escola Secundária Alfredo da Cruz Silva, e construção novos liceus em Cancelo e Achada Fazenda, para que se possa melhorar a situação da educação no município de Santa Cruz”, exortou o deputado do PAICV.

FM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos