Santa Cruz: Isandra da Silva lança romance intitulado “O Dia em que te conheci”

 

Pedra Badejo, 15 Abr (Inforpress)- A jovem Isandra da Silva, natural do concelho de Santa Cruz, lançou hoje na sua terra natal, o seu primeiro romance, intitulado ” O Dia em que te conheci”.

“O Dia em que te conheci”, segundo a autora, foi escrito num dia em que ela não tinha mais nada para fazer, e por isso resolveu rabiscar durante as noites e madrugadas em Portugal, onde na altura estudava Gestão de Empresas na Universidade Europeia.

Este romance, não retrata uma história de amor vivida pela jovem, mas sim, explicou, retrata uma história de uma família, a vivencia de um povo, a história da imigração do povo cabo-verdiana, e a disparidade entre o mundo rural e urbano.

“O Dia em que te conheci” foi um título proposto pela Editora e logo a autora abraçou este tema.

A jovem, que é uma “eterna apaixonada” pela dança e guarda na alma um enorme fascínio pelo teatro, viu na escrita um momento de refúgio desde 2010 e com a publicação deste livro, afirmou viu o seu sonho tornar realidade.

A apresentação desta obra, que aconteceu no Salão Nobre do Paços do Concelho de Santa Cruz, esteve a cargo de Nilton Paiv,a que incentivou os jovens, principalmente os estudantes, ou os que estão apaixonados, ou os que um dia pretendem dizer alguma coisa bonita ao seu amado e amada, a lerem esta história de amor.

O romance, de acordo com Nilton Paiva, constitui um relato autêntico e completo da experiência humana, e ainda retrata um pouco da vivencia do povo das ilhas, principalmente do povo da ilha de Santiago.

“O modo que a autora faz a representação da realidade leva-me a dizer que se trata de um romance urbano e moderno, pois, pode ser entendida a partir da aproximação significativa da sociedade actual e do relato da vida social das grandes cidades”, disse.

Para o apresentador, este livro para além de ser um romance cor de rosa, ou seja, que leva as pessoas a sonharem num final feliz, a chorar e a sorrir ao mesmo tempo, é também um romance interventivo, porque retrata as inquietações da sociedade actual e os valores sociais.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos