Santa Catarina: Três indivíduos detidos por retenção ilegal de arma de fogo, ameaça de morte e apologia pública à prática de crime

Cidade da Praia, 28 Nov (Inforpress) – Três homens foram detidos em Santa Catarina, interior de Santiago, acusados de retenção ilegal de arma de fogo, ameaça de morte e apologia pública à prática de crime, soube hoje a Inforpress junto de uma fonte judicial.

Segundo a mesma fonte, a detenção ocorreu na sequência de três denúncias apresentadas por três cidadãos, contra três homens, todos residentes em Santa Catarina, imputando-lhes factos suscetíveis de integrarem a prática dos crimes de retenção ilegal de arma de fogo e ameaça de morte.

Na sequência, informou a fonte judicial, o Ministério Público (MP) ordenou a abertura de instrução, no âmbito da qual realizou várias diligências de investigação, entre as quais a audição dos queixosos e das testemunhas, bem como a recolha e junção de provas documentais.

Reforçados os indícios constantes das mencionadas denúncias, continuou, o MP promoveu a emissão de mandados de buscas domiciliárias nas residências dos denunciados, que foi prontamente autorizada pelo tribunal.

Durante as referidas buscas, acrescentou, foram apreendidas três armas de fogo, de diversos calibres, na residência de dois dos denunciados, resultando na detenção desses visados.

Já o terceiro denunciado, avançou a mesma fonte, foi detido fora de flagrante delito, por mandado emitido pelo Ministério Público por, sobre o mesmo, recair fortes indícios de ter praticado o crime de retenção ilegal de arma de fogo, apologia pública à prática de crime e ameaça de morte, indícios esses também recolhidos durante a instrução dos autos.

Os três detidos, referiu a fonte, já foram apresentados ao Tribunal Judicial da Comarca de Santa Catarina para primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medida de coação, pelo que deverão ser interrogados ainda hoje.

GSF/DR

Inforpress/Fim

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos