Santa Catarina: Projecto do Centro Interpretativo da Revolta dos Engenhos ‘socializado’ com a população

Assomada, 23 Jan (Inforpress)- O projecto de conservação e requalificação para a criação de um Centro Interpretativo da Revolta dos Engenhos, no concelho de Santa Catarina, é ‘socializado’ hoje com a população daquela localidade do interior de Santiago.

O acto decorre na Escola Básica local, onde o executivo camarário liderado por Jassira Monteiro, e os técnicos da empresa responsável pela elaboração do projecto arquitetónico do Centro de Interpretação turística, ambiental e cultural, em Telhal, Ribeira dos Engenhos, pretendem recolher subsídios junto da população local antes da materialização do mesmo.

Segundo a edilidade, o referido projecto anunciado no início de Dezembro de 2021 e decorrente de uma parceria entre o Instituto do Património Cultural (IPC) e autarquia santa-catarinense, prevê a recuperação das casas existentes e a construção de novas residências para o alojamento de turistas e novos acessos e espaços exteriores.

A mesma fonte acrescentou que a intervenção prevê ainda zonas verdes, construção de uma placa desportiva, curral para animais, restaurantes, espaço de lazer e estacionamento.

O edifício de estilo colonial português foi construído em 1897, século XIX, e foi residência de um morgado que explorava a terras. Era neste mesmo local onde se efetuava o pagamento de rendas muito elevadas para as possibilidades dos rendeiros, o que esteve na origem da Revolta dos Engenhos

“Por tal razão, o futuro Centro Interpretativo carrega uma grande responsabilidade em transmitir aos seus visitantes a importância que tem e o que representa enquanto património histórico, não só de Santa Catarina, mas, também, de Cabo Verde”, lê-se no comunicado da edilidade santa-catarinense.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos