Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santa Catarina: Organização da Feira das Artes e Gastronomia faz balanço “positivo” da iniciativa

Assomada, 25 Nov (Inforpress) – O co-organizador da Feira das Artes e Gastronomia fez sexta-feira um balanço “positivo” da iniciativa, tendo em conta que atingiram o objectivo que era promover os artesãos e os seus produtos.

“Tivemos algumas dificuldades que conseguimos resolver, as quais no próximo ano não vão acontecer mas, apesar disso, o balanço é “muito positivo”, disse o co-organizador do evento, Beto Diogo.

De acordo com Beto Diogo, que falava, igualmente, em nome da edilidade, os artesãos participantes têm a mesma percepção, tanto os internacionais como os nacionais.

A mesma fonte acredita que a participação pela primeira fez de artesãos internacionais, nomeadamente, do Brasil e Portugal, é uma porta que está a abrir para que os artesãos nacionais possam levar os seus produtos para o estrangeiro.

Comungando da mesma opinião, o artesão brasileiro Flávio, que também ministrou um workshop sobre a arte em cabedal, destacou mais uma vez a forma simpática dos cabo-verdianos.

“Foi uma iniciativa extraordinária, porque conseguiu reunir artesãos de boa parte das ilhas de, que vai desdobrar em uma rede de relações”, realçou, comprometendo que vai cobrar do governo Cearense que artesãos cabo-verdianos participem em feiras daquele estado brasileiro.

Já os expositores nacionais avaliam da mesma forma o certame, que segundo dizem deu-lhes oportunidade de vender e mostrar os seus produtos.

Organizado pela Casa das Artes-atelier Beto Diogo e pela Câmara Municipal de Santa Catarina, a feira reuniu durante cinco dias (20 a 24 Novembro) cerca de 40 expositores de Santa Catarina, São Domingos, Santa Cruz, São Miguel, Tarrafal, Cidade Velha, São Vicente, Sal, Boa Vista e Brava, mas também do Brasil e de Portugal, no Mercado Pelourinho que vai ser transformado em Casa das Artes.

Paralelamente, no local aconteceu a tradicional Feira do Livro de Assomada, que culmina, igualmente, hoje.

FM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos