Santa Catarina: Mulheres de Rincão expõem produtos derivados da pesca para degustação 

 

Assomada, 01 Jul (Inforpress)- Mulheres da localidade piscatória de Rincão, no interior de Santa Catarina (Ilha de Santiago), receberam hoje os seus certificados de participação de formação sobre Técnicas de Transformação de produtos da pesca e na ocasião promoveram uma sessão de degustação.

A referida formação que aconteceu de 24 a 28 de Maio, em Rincão, e  foi promovida pela Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD), em parceria com a Rede de Organização de Pesca Artesanal de Cabo Verde (ROPA-CV), contando com o  financiada da  Associação Oeste Africana para o Desenvolvimento da Pesca Artesanal ( ADEPA),  sedeada em Dakar.

Esta acção de capacitação  foi realizada no quadro projecto “Reforço da boa governação da pesca no seio das organizações profissionais da pesca artesanal (OPPA) nos sete países membros da Comissão Sub-Regional das Pescas (CSRP), na África Ocidental”.

Segundo o presidente da ADAD, Januário Nascimento, a organização escolheu o átrio de um supermercado, em Assomada, para servir de palco para a demonstração desses produtos da pesca, com a intenção de que futuramente as dez formandas possam vender os seus produtos no mercado e obter rendimento.

“As mulheres têm que encontrar uma saída que é a transformação dos produtos para ajuda-las a ter rendimentos e a sair da pobreza. Para além de capacita-las, este projecto dá meios para elas começarem os seus negócios e exporem no mercado “, disse.

Com esta acção, as formandas Maria Moreira e Eliane Moreira, que trabalham na área de pastelaria , dizem que agora já podem confeccionar diversos produtos com peixe e vender na rua e,  quiçá,  nos supermercados, como hambúrguer, pastel, rissóis, croquetes, entre outros.

Segundo disseram, já não vão desperdiçar o peixe quando este está abundante, porque já sabem como transforma-lo em outros produtos e assim conseguirem obter mais rendimentos para as suas famílias.

Ainda na ocasião, os agricultores da Achada Lagoa receberam alguns materiais de rega, oferecidos pela ADAD, em parceria com o Ministério da Educação, no âmbito do Projecto “Segurança Alimentar de Chã de Tanque e Rincão”.

AM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos