Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santa Catarina: Médicos portugueses realizam primeira consulta e prevêem atender mais de 100 idosos

Assomada, 04 Dez (Inforpress) – Um equipa de médicos portugueses que se encontra no município de Santa Catarina (Santiago) realizou hoje a primeira consulta gratuita na área de neuropsicologia, direccionada aos idosos e prevê atender mais de 100 pacientes durante a missão.

A missão da equipa de médicos de Coimbra, Portugal, composta por cinco especialistas, que decorre de hoje a quinta-feira, enquadra-se no âmbito do projecto de investigação “ESCUDO – Envelhecimento e declínio cognitivo: Incidência, perfis, factores de risco e de protecção”, que se encontra em curso em Portugal.

Uma das responsáveis do projecto, a professora universitária Marina Cabral Pinto, avançou à Inforpress, no final do primeiro dia de consultas, que foram atendidas um total de 40 pacientes (idosos) que responderam perguntas sobre avaliação neuropsicológica.

Conforme explicou , a aplicação desta prova neuropsicológica vai permiti-las antever se as pessoas têm algum declínio cognitivo ou se estão com alguma predisposição para desenvolverem a Doença de Alzheimer e outras demências.

Marina Pinto informou ainda que vão recolher materiais das pessoas, como sangue, cabelos, urina e unhas que vão analisar quimicamente e que ainda vão ao terreno com os pacientes atendidos para recolherem amostras do solo e dos vegetais que consomem, que serão guardadas num laboratório em Cabo Verde e depois transportadas para Portugal.

Segundo a mesma fonte , quando as amostras estiveram todas analisadas em Portugal, os resultados serão enviados apenas para os idosos que manifestaram a intenção de tê-los, mas respeitando todos os princípios e regras aplicáveis às comissões de ética e de protecção de dados, de ambos os países.

A acção ,que decorre no Centro Cultural Norberto Tavares, entre as 09:00 e as 16:00, conforme fez saber a investigadora, é direccionada aos idosos na faixa etária acima dos 50 anos, mas que sabem ler e escrever.

FM/JNV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos