Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santa Catarina: Achada Fora, Chã de Monte e Gudo vão ter energia eléctrica até ao final do ano -Electra

 

Assomada, 23 Set (Inforpress)- O presidente do Conselho de Administração da ELECTRA garantiu hoje que as localidades de Achada Fora, Chã de Monte e Gudo, no concelho de Santa Catarina, vão ter luz eléctrica 24 horas/dia antes do final do ano.

Alexandre Monteiro deu esta garantia em Assomada, interior de Santiago, após ter visitado dez localidades do município de Santa Catarina, na companhia do presidente da autarquia local, José Alves e sua equipa que, juntos, palmilharam aldeias ainda sem cobertura da rede eléctrica, nomeadamente Telhal, Poilão, Mato Gegê, Librão, João Bernardo, Travessa Baixo, Gudo, Chã de Monte, Achada Fora e Fundo Baixo.

“Em algumas localidades, a solução é imediata. Estamos a falar de extensões da rede e há já projectos em curso para responder a estas necessidades”, disse, avançado que em Achada Fora e Chã de Monte os trabalhos de construção da rede pela extensão vão arrancar dentro de 15 dias.

Fundo Baixo e Achada Carrapato são outras localidades que vão ter “soluções imediatas”, assim como as outras aldeias, dentro dos “Projecto 6 Ilhas”, um programa que aposta em políticas públicas, visando expandir, interligar e melhorar a rede de transporte em todo o país, e elevar a taxa de penetração da energia eléctrica, bem como melhorar a eficiência e a qualidade energética.

De acordo com Alexandre Monteiro, para Mato Gégé, Librão, João Bernardo, Travessa Baixo e Ribeira dos Engenhos “ a execução não será imediata”, mas lembrou que já existem levantamentos e projectos, faltando consolidação dos mesmos, ou seja, mobilização do seu financiamento e a sua execução.

Mas, por ser uma localidade “importante” do concelho, e devido ao seu potencial económico, o responsável acredita que é do interesse do próprio Governo levar a energia eléctrica para esta aldeia, dentro de um ano, havendo já “luz verde” por parte do executivo para a materialização desse projecto.

“Penso que com essas duas intervenções, as imediatas que estamos a falar de extensão das redes e outras do próprio projecto GICA que vai contemplar as dez localidades, e com a de Ribeira dos Engenhos, Santa Catarina fica completamente coberta”, enfatizou.

Alertou que após o concelho estar toda electrificada, o próximo passo é a “qualidade da rede eléctrica” e melhoria da própria empresa e sua relação com os clientes.

Por seu turno, o edil José Fernandes Alves disse que assim como as localidades de Achada Leite e Charco foram electrificadas recentemente, no âmbito do “Projecto 6 Ilhas”, a edilidade “vai fazer de tudo” para que todas as outras dez localidades tenham luz eléctrica, um passo “ importante para o desencravamento e desenvolvimento” dessas comunidades.

“Vamos fazer de tudo para que, até ao final deste mandato, todas essas localidades estejam electrificadas. Esta visita veio em boa hora, porque 50% das localidades visitadas os processos começam em breve. Prevemos que daqui a três anos o município vai estar 100 % coberto com a rede pública de ”, concluiu

FM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos