Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santa Catarina: Hiacistas reclamam do “péssimo” estado da estrada da Ribeira da Barca e pedem “intervenção urgente”

Assomada, 24 Mai (Inforpress) – Os condutores de hiace de Ribeira da Barca, no concelho de Santa Catarina, reclamam do “péssimo” estado em que se encontra a estrada que dá acesso àquela comunidade e pedem “intervenção urgente” para a sua melhoria.

Segundo contaram à Inforpress os hiacistas Zé, Totinho e Lá, a estrada encontra-se com “buracos”, calçadas degradadas e “valas abertas” deixadas pelas empresas, quer da água quer da energia eléctrica ao longo da via, sobretudo do caminho da lixeira de Achada Santa Catarina até ao centro daquela vila piscatória.

Os motoristas dizem que as autoridades têm estado a “brincar” com eles, isto porque, sustentam, pagam os impostos de circulação na hora e que lhes são descontada uma quantia na compra de combustível para manutenção das estradas, cuja melhoria, segundo eles, tem chegado a outras paragens e não a Ribeira da Barca.

“Para colmatar o perigo, reunimos e contribuímos com uma quantia e colocamos camadas de betão nos pontos críticos, mas isso não foi o suficiente”, disseram, informando que não cabe aos mesmos fazer trabalho do tipo.

A estrada de Ribeira da Barca, que outrora era considerada uma das melhores do interior de Santiago, segundo os nossos entrevistados, carece de trabalhos de melhoria “o mais rapidamente possível”.

Se uns pedem melhoramentos há quem peça asfaltagem, tendo em conta que, conforme defendem, há localidades com uma frota de carros reduzida, mas que, no entanto, têm uma estrada de qualidade, referindo-se à de Rincão e Figueira das Naus.

A péssima qualidade da estrada, no dizer de Totinho, tem representado custos para a manutenção das viaturas a vários níveis e pior segundo ele vai “diminuir a vida dos veículos”.

“Se não vão dar a continuidade da asfaltagem de Volta de Monte/ Ribeira da Barca, pelo menos que nos melhorem a nossa estrada, tendo em conta que pagamos para termos uma estrada de qualidade como nos outros concelhos e ilhas”, exteriorizam os condutores do percurso Assomada/Ribeira da Barca/Ribeira da Barca/Assomada.

Tendo em conta que a comunidade vai celebrar as festividades da sua santa padroeira Imaculado Coração de Maria no dia 31 de Maio, os motoristas aproveitaram para alertar às autoridades que, por causa dos “vários buracos”, pode haver acidente, sobretudo para os condutores que não tenham conhecimento do “péssimo” estado do caminho.

Por tudo isso, os condutores questionaram: “Queremos saber para onde vai o montante que nos descontam para a manutenção das estradas?”.

A Inforpress contactou a Câmara Municipal de Santa Catarina, mas informaram que a referida estrada é da responsabilidade das Estradas de Cabo Verde (ECV).

FM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos