Santa Catarina: Frente marítima de Ribeira da Barca vai receber obras de intervenções ainda este ano – edilidade

 

Assomada, 09 Jul (Inforpress) – A frente marítima da localidade piscatória de Ribeira da Barca, em Santa Catarina (Ilha de Santiago) vai ser requalificada ainda este ano, garantiu o presidente da Câmara Municipal, depois de ter socializado o anteprojecto com os moradores.

Segundo o edil, José Alves, a requalificação da frente marítima de Ribeira da Barca é uma” obra estruturante” para o desenvolvimento desta vila piscatória, que tem “grandes potencialidades” no domínio do turismo, pois, fica na proximidade das quatro maravilhas de Santa Catarina.

“Entendemos que é preciso investimentos estruturantes para alavancar o seu crescimento e para transformá-la numa verdadeira vila, que atrai munícipes e visitantes. A nossa política, não é a vila no papel, mas sim no seu verdadeiro sentido, isto é, que a população se sente que efectivamente vive num meio urbano e urbanizado”, disse.

A política dessa autarquia, no dizer do edil, não está só associada a esta obra de requalificação da frente marítima, mas envolve a requalificação de habitações, construções de casas de banho, e a elaboração de um plano detalhado, entre outros investimentos.

Questionado sobre o valor para esse investimento, José Alves disse que ainda não é possível contabilizar, porque o projecto ainda está aberto para receber sugestões dos munícipes.

Depois da fase de socialização do projecto, a autarquia informou que vão enquadrar algumas sugestões deixadas pelos munícipes e depois vão lançar o concurso, para que a obra arranque ainda neste ano económico de 2017.

Os moradores de Ribeira da Barca congratularam-se com esta iniciativa da edilidade em ouvir as sugestões deles antes de avançar com a obra, mas alguns pedem que seja introduzida neste projecto a requalificação do porto e que a mão-de-obra seja local.

“É um projecto que vai ajudar a alavancar esta localidade, porque há muito tempo que almejávamos ter um projecto desta envergadura. Requalificando esta zona, para mim e para a população é valioso, mas se introduzirem a requalificação do porto e da casa do pescador seria ainda melhor”, disse o agente administrativo de Ribeira da Barca, João Rodrigues.

Para o jovem, Joel Cabral, este projecto “ambicioso” vai dar uma nova visão a esta vila piscatória, vai atrair mais turísticas para esta vila e ainda ajudará na redução da pobreza.

“Na área de turismo, quando tivermos toda a praia bonita, com certeza, vamos precisar de agentes turísticos para trazer turísticas para a nossa zona e assim as famílias vão ganhar algum rendimento”, afirmou.

Em relação à sugestão de introdução da requalificação do porto de Ribeira da Barca no projecto de frente marítima, o edil indicou que este será um outro projecto, para o qual possivelmente poderão contar com o apoio do governo na sua materialização.

AM/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos