Santa Catarina: Familiares do jovem assassinado na localidade de Picos Acima pedem justiça

 

Assomada, 17 Abr (Inforpress) – Os familiares e amigos do jovem assassinado na localidade de Picos Acima, no município de São Salvador do Mundo (interior da Ilha de Santiago), manifestaram-se hoje em frente ao Palácio da Justiça de Santa Catarina exigindo justiça.

O jovem estudante Laminie Michel Semedo de 21 anos de idade, foi agredido à paulada no passado dia 08 de Abril, supostamente por um vizinho de 50 anos, tendo falecido dois dias depois no Hospital Agostinho Neto, na Cidade da Praia.

O suposto agressor, um ex-emigrante, foi apresentado ao Tribunal da Comarca de Santa Catarina no passado dia 11, e foi-lhe aplicado Termo de Identidade e Residência, interdição de sair do país e apresentação periódica ao Tribunal.

Esta medida não agradou os familiares de Laminie Michel Semedo, que resolveram manifestar-se hoje em frente ao Tribunal de Santa Catarina, pedindo que a justiça seja feita, “antes que decidam fazê-la pelas próprias mãos”.

“Justiça deve ser feita, porque ele não pode matar o meu filho e ficar solto. Se não há justiça ele pode continuar a matar”, disse o pai da vítima, Carlos Alves.

“Peço justiça para o meu jovem, se não fizerem é mais prejuízo, porque ele está solto”, disse a avó do falecido, Maria Mendes.

Os familiares acreditam que na origem deste homicídio esteja um desentendimento entre a vítima e o suposto agressor por causa de um negócio.

Segundo informações apuradas pela Inforpress junto da Comarca, “o processo está sob investigação, porque ainda há muito por esclarecer”.

AM/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos