Santa Catarina: Eveline Monteiro eleita nova presidente da Comissão de Recenseamento Eleitoral local

 

Assomada, 11 Jul (Inforpress) – A deputada municipal, Eveline Monteiro foi eleita hoje, por unanimidade, nova presidente da Comissão de Recenseamento Eleitoral de Santa Catarina (ilha de Santiago), e anunciou como missão fundamental combater a abstenção.

A Assembleia Municipal de Santa Catarina, na sua 2ª Sessão Ordinária de 19 de Abril, deliberou, sob proposta da Câmara Municipal, a composição e designação de novos membros da Comissão de Recenseamento Eleitoral.

Sendo assim, foram escolhidos cinco cidadãos para constituir esta comissão, designadamente, Firmino Tavares, Marcelino Alves, Eveline Monteiro, Carlos Monteiro e Armando Varela.

Entretanto, hoje, esses membros efectivos votaram por unanimidade, em Eveline Monteiro, para assumir as funções de presidente num período de três anos.

Durante o acto de empossamento, a nova presidente afirmou que é preciso “reunir forças” para que se possam fazer um “bom trabalho” e conseguir vencer os desafios nas próximas eleições de 2020 e 2021.

Como prioridade, traçou o reforço ou recuperação da confiança dos cidadãos nas estruturas eleitorais, para que haja democracia na escolha dos governantes do país, lembrando que nas últimas eleições de 2016 houve uma “alta taxa de abstenção” em todo o país.

“Temos como campo de actuação incentivar e dinamizar o processo de recenseamento eleitoral e (…) uma batalha muito forte a travar que é o combate à abstenção. Temos também como papel, apreciar e decidir em primeira instância as reclamações e protestos relativos ao processo de recenseamento”, disse.

Os novos membros, na voz da presidente eleita, prometeram agir de forma independente e em estrita obediência à lei e as instruções de carácter gerenciais incutidas pela Comissão Nacional das Eleições.

“Para dar cumprimento à função delegada pretendemos ser uma comissão funcional, (…) uma administração eleitoral verdadeiramente independente, liberta de pressões governamentais ou de quem quer que exerça o poder, seja ele qual for e assegurar uma verdadeira igualdade de oportunidade”, assegurou.

AM/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos