Santa Catarina: Crianças de Chã das Caldeiras vão frequentar escolas de Cabeça Fundão e Achada Furna

 

São Filipe, 01 Set (Inforpress) – As crianças em idade escolar e que residente em Chã das Caldeiras vão ter de deslocar-se às localidades de Cabeça Fundão e Achada Furna para frequentar as aulas no próximo ano lectivo.

O delegado do Ministério da Educação em Santa Catarina do Fogo, Osvaldo Rodrigues, disse à Inforpress que “está fora de questão a abertura de salas de aulas no interior da Caldeira” e que, sendo assim, as crianças residentes em Chã das Caldeiras que frequentam o primeiro ao quarto ano vão deslocar-se a Cabeça Fundão, e os do quinto e sexto ano a Achada Furna.

Segundo o mesmo, com a reabilitação em curso da escola do Ensino Básico Integrado de Cabeça Fundão, promovida pela primeira-dama, Lígia Fonseca, serão criadas as condições para que a mesma escola possa receber os alunos de Chã das Caldeiras, observando que os que frequentam o quinto e sexto ano terão de deslocar-se a Achada Furna, no quadro do novo desenho que se pretende implementar.

Osvaldo Rodrigues disse que o Ministério da Educação já solicitou o número de crianças de Chã das Caldeiras que frequentam o ensino básico (1º ao 6º anos) para, em articulação com a Fundação Cabo-verdiana de Acção Social Escolar (Ficase) e a câmara municipal, poder garantir o transporte, estando o delegado do ministério a trabalhar esses dados e contabilizar os custos com transporte para que possa iniciar as aulas “sem constrangimentos de maior”.

Osvaldo Rodrigues indicou que, além da reabilitação da escola de Cabeça Fundão, a delegação pretende beneficiar as escolas de Achada Furna e Cova Figueira com pintura geral, devendo a organização não-governamental dinamarquesa Bornefonden financiar a reabilitação das escolas de Tinteira e Mãe Joana.

No quadro do novo figurino que se pretende implementar o município de Santa Catarina vai dispor de três agrupamentos onde funcionam o quinto e o sexto ano, nomeadamente Achada Furna, Roçadas e Cova Figueira.

Assim, os alunos de Chã das Caldeiras, Cabeça Fundão e de Monte Largo (optativa) que frequentam o quinto e sexto anos vão ter de deslocar-se a Achada Furna, os de Fonte Aleixo sul, vão a Roçadas, e os de Tinteira, Mãe Joana/Estância Roque e Figueira Pavão a Cova Figueira, estando o ministério a analisar a questão de transporte para a deslocação dos alunos.

Com relação às crianças em idade escolar de Chã das Caldeiras, no último ano lectivo, o transporte foi assegurado pela associação dos guias turísticos de Chã das Caldeiras que utilizou os donativos financeiros recebidos para resolver este problema, mas já não dispõe de meios para continuar a garantir o transporte escolar.

Quanto ao pré-escolar, o presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina do Fogo, Alberto Nunes, disse que aguarda pela recepção do projecto de construção de um infantário para iniciar as obras, observando que o financiamento está assegurado através do donativo arrecadado pela Radiotelevisão cabo-verdiana (RTC)

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos