Santa Catarina: Alunos da Escola Técnica doam sangue no Hospital Regional Santa Rita Vieira

 

Assomada, 24 Abr (Inforpress) – Os alunos do ano complementar da Escola Técnica Grão-Duque Henri, em Assomada, no concelho de Santa Catarina doaram hoje sangue no Hospital Regional Santa Rita Vieira, que ultimamente tem deparado com algum problema no stock.

A iniciativa partiu do professor Lúcio Mendes, que, sendo um doador e conhecendo o problema do banco de sangue, resolveu mobilizar os seus alunos do ensino complementar para doarem sangue.

“Na aula que os dou, aproveito para explicar-lhes da necessidade de ajudar pessoas que precisam. Temos tendência em ajudar só com dinheiro ou alimentação, mas temos uma coisa em nós, que é preciosa, o sangue, por isso, achei por bem mobilizar-lhes para darem sangue”, indicou.

Os 25 alunos que participaram nesta campanha disseram que é a primeira vez que doaram sangue. Antigamente não o faziam porque pensavam que tinha sangue insuficiente e outros por terem medo da agulha.

Mas, hoje, depois dos esclarecimentos e de conhecerem a realidade do banco de sangue resolveram contribuir para salvar uma vida.

Para o responsável do banco de Sangue, Carlos Martins, a iniciativa “é louvável” e vai ajudar a salvar vidas e espera que os alunos continuem com esta a contribuir porque qualquer pessoa pode vir a precisar de sangue um dia.

Neste momento, informou o banco de sangue tem tido algumas dificuldades, uma vez que muitas pessoas ainda têm receio de dar sangue.

Dos grupos sanguíneos, o banco de sangue tem tido alguma dificuldade com o tipo RH negativo, porque a sero prevalência deste grupo é menor nesta região.

“Um apelo que fazemos a população para virem ao hospital dar sangue, porque sangue é vida e, neste momento, estamos com uma reserva que não é sustentável do ponto de visita de garantia no nosso hospital, mas para melhorar este quadro a população é o nosso maior suporte”, sublinhou.

AM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos