Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santa Catarina: Agente da PN achado em terreno agrícola em Chão dos Santos pode ter morrido de “causas naturais” – PN (c/áudio)

Assomada, 20 Nov (Inforpress) – O agente da Polícia Nacional (PN) José Luís Correia Neves, de 42 anos, que foi encontrado esta manhã morto num terreno agrícola, no bairro de Chão dos Santos, em Assomada, Santa Catarina (Santiago), poderá ter morrido de “causas naturais”.

“Há forte hipótese de a morte do nosso colega ser de causas naturais. Todavia, aguardamos o resultado da autópsia”, disse, em conferência de imprensa, esta tarde em Assomada, o comandante regional da Polícia Nacional (PN) de Santiago Norte, Estêvão Tavares Vaz.

Na ocasião, confirmou que o corpo do malogrado, levantado por volta das 14:00 pelas autoridades, foi encaminhado para a Cidade da Praia para a realização da autópsia, mas, no entanto, não avançou quando é que a mesma vai estar pronta.

Em nome da corporação, o comandante endereçou condolências à família enlutada, informando que a corporação policial local está de luto e com dor pela perda deste colega que labutaram juntos, mas, no entanto, assegurou que vão continuar a trabalhar, com coragem, para garantir a segurança desse município do interior de Santiago.

Nesse sentido, tendo em conta que Santa Catarina comemora o Dia do Município e santa padroeira, assinalado a 25 de Novembro, este responsável tranquilizou a população, tendo avançado que a PN já tem um plano para as festividades desse município do interior de Santiago que comemora os seus 185 anos.

O agente José Luís Correia Neves pertencia à Esquadra Policial de Santa Catarina e, de momento, prestava serviço no posto policial de Ribeira da Barca.

Mais conhecido por Carateca, por praticar karaté, tem uma escola dedicada à esta arte marcial denominada Centro Pedagógico de Karaté-DO, na cidade de Assomada.

Natural do município de São Lourenço dos Órgãos, onde, conforme informações de um irmão, vai ser enterrado após o corpo ser liberado.

O policial deixou três filhos e a esposa.

FM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos