Sal: Richie Campbell promete uma noite agradável com um reportório diversificado

Espargos, 20 Abr. (Inforpress) – O artista internacional Richie Campbell, encontra-se no Sal para um concerto de cariz solidário, prometendo uma noite agradável ao som das músicas mais antigas às mais novas do seu reportório, hoje, na Academia do Académico do Sal.

Expectante em relação ao concerto de logo à noite, Richie Campbell que pela primeira vez acuta na ilha do Sal, manifestou em conferência de imprensa que este show tem um “sabor especial”, já que de cariz solidário, para possibilitar viagem “além-mar” aos alunos finalistas do 12º ano, da ilha, a Portugal.

A actividade tem lugar na Academia do Académico do Sal, nos Espargos, no âmbito do Projeto Missão Côderosa – Combate ao Absentismo Escolar, Estratégias e Recursos, da Associação Princesa Leonor – Aceita e Sorri (APLAS), em parceria com a Câmara Municipal do Sal.

“Artistas e figuras públicas, no geral, gostam de poder usar a fama para alguma coisa boa. É um orgulho poder fazer parte desse projecto”, manifestou o cantor português.

Tratando-se da primeira vez que actua no Sal, Richie Campbell e The 911 Band vão embalar o público com um pouco de tudo, conforme disse, das músicas mais antigas às mais novas do seu reportório, desde o primeiro álbum até agora.

“Quando se vai a um sítio pela primeira vez, é sempre uma incógnita o que as pessoas querem ouvir. Vai ser um concerto longo, e vamos tocar de tudo um pouco”, referiu.

Plutónio, outro artista que se associa a este projecto, disse que para ele também é uma honra estar associado às boas causas.

“Vir a Cabo Verde, à ilha do Sal, pela primeira vez, fazer o que a gente gosta e poder ajudar para uma boa causa (…), é uma honra e não há melhor preço do que esse. Prometo dar o meu melhor e partilhar um bom momento com o público do Sal. Acho que vai ser um bom encontro para todos”, manifestou.

O espectáculo do artista internacional Richie Campbell e The 911 Band, contando também com actuação de outros artistas convidados, como Plutónio, Batchart, Dj Sandir & DJ Fatboy, está previsto para arrancar às 20:30.

A Associação Princesa Leonor tem também como madrinha, Nita Domingos – que também está no Sal -, uma jovem de 28 anos que sofre de Neurofibromatose, tipo 2, uma doença degenerativa, que lhe faz, com o avançar da idade, ir perdendo faculdades.

Apesar da sua condição, Nita é tida como retrato, o “espelho vivo” daquilo que é a Associação Princesa Leonor, isto é: “sermos felizes, independentemente das nossas circunstâncias”, e uma “inspiração” em Portugal.

A angariação de fundos conseguidos através desse espectáculo, deverá permitir a viagem de 50 alunos finalistas do 12º, sendo 40 do Complexo Educativo Manuel António Martins (CEMAM – Santa Maria), e 10 do Ensino Básico e Secundário Olavo Moniz (EBSOM-Liceu Olavo Moniz), e respectivos professores, responsáveis por esta comitiva.

Essa viagem de “descoberta” a Portugal, tem como propósito, proporcionar aos alunos escolhidos, uma visão daquilo que há do outro lado do mundo, conhecer um pouco da história daquele país europeu, locais mais conhecidos, entre outros entretenimentos.

O programa consiste em muitas iniciativas, pois, os meninos vão poder conhecer e visitar o Oceanário, Jardim Zoológico, Colombo, vão poder visitar a academia de treinos do Benfica, no Seichal, o canal da televisão SIC TV, entre outros passeios.

SC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos