Sal/Mundial/Kitesurf: Governo realça importância de Cabo Verde na organização de grandes eventos internacionais

Ponta Preta, Sal, 25 Fev (Inforpress) – O ministro do Desporto, destacou hoje “a grande ousadia do povo cabo-verdiano” em organizar o Circuito Mundial de Kitesurf, “com atletas da casa a competirem entre os melhores” na luta pelo ceptro mundial.

De acordo com Fernando Elísio Freire, esta “grande estratégia do Governo” passa por fazer de Cabo Verde uma plataforma especializada na organização de grandes eventos desportivos, com a particularidade da ilha do Sal ter sido seleccionada para a prática dos desportos náuticos.

O ministro que chegou esta tarde à ilha do Sal com o propósito de assinalar a presença do Governo nesta prova mundial de Kitesurf que arrancou hoje na praia de Ponta Preta, justificou os “investimentos feitos”, com o intuito de se avançar na promoção institucional dos desportos náuticos, e fazer com que esta actividade desportiva entre, também, no circuito turístico de Cabo Verde.

Elísio Freire sublinhou também a grande movimentação que se vive em Ponta Preta, marcado por muitos adeptos do kit surf, e manifestou-se convicto de que esta prova de dimensão mundial significa muito para a promoção da imagem de Cabo Verde e da certificação do produto turístico cabo-verdiano.

Acima de tudo, elucidou, demonstra que o desporto é uma actividade económica e que contribui para o desenvolvimento do país, para a inclusão social dos jovens, para a igualdade de oportunidade, para além de contribuir, naturalmente, para o reforço de “valores muito nobres como a partilha, solidariedade, tolerância e o saber ganhar e saber perder”.

“Estamos na boca do mundo. Esta é a nossa estratégia. A partir do próximo ano estaremos cá, de novo”, enfatizou o ministro, para quem, Cabo Verde terá de fazer com que a realização de provas internacionais no seu território seja uma normalidade.

Por outro lado, lembrou que em Junho o país voltará a estar no centro das atenções com a organização dos I Jogos Africanos de Praia, também na ilha do Sal.

A primeira etapa do Circuito Mundial de Kit surf decorre de 25 de Fevereiro a 03 de Março na Praia de Ponta Preta, em Santa Maria, na ilha do Sal e conta com o concurso de 48 atletas masculinos e 17 femininos, em representação dos cinco continentes, estando Cabo Verde representado nesta competição mundial por 10 atletas.

O Circuito de Ponta Preta está a ser disputado pelos melhores kitesurfistas do Mundo em representação de Cabo Verde, Alemanha, Austrália, Brasil, Estados Unidos da América, França, Itália, República Dominicana, de entre outros países.

Ponta Preta’2019 dá o “tiro de partida” às 13 edições que constituem este evento mundial denominado “2019 GKA Kite World Tour Events” ao qual se seguem as praias de Leucate (França), Dakhla (Marrocos), Sylt (Alemanha), Tarifa (Espanha), Gran Canaria (Espanha), Sotavento (Espanha), Malmo (Suécia), Ilhas Mauricias, Cumbuco (Brasil), Prea (Brasil), Maui (Hawaii) e Torquay (Austrália).

SR/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos