Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Sal/Mundial de Kitsurfe: Airton Cozzolino diz-se orgulhoso por defender as cores de Cabo Verde (c/áudio)

Ponta Preta, ilha do Sal, 25 Fev (Inforpress) – O campeão mundial de Kitsurfe, o cabo-verdiano Airton Cozzolino, que volta à terra para competir com as cores nacionais, disse que está na sua “máxima força” e “focalizado” na reconquista no ceptro.

Gozzolino que nos últimos anos estava a competir pela Itália, país que adoptou a nacionalidade, disse em entrevista à Inforpress estar convicto de que o facto de ser campeão do mundo faz com que todas as atenções estejam viradas para a sua prova, mas conforme sublinhou, “mais do que competir está moralizado por voltar a representar as cores de Cabo Verde”.

Em relação à prova, regozija-se pelo modo como a GKA Kite World Tour Events” decidiu atribuir a Cabo Verde a organização desta primeira etapa do circuito mundial de kitesurf’2019, “no momento em que Cabo Verde vem conquistando o seu espaço na alta rota desta modalidade náutica com o surgimento de grandes kitsurfistas”.

Cozzolino esteve esta manhã a ensaiar as últimas habilidades nas ondas de Ponta Preta, tendo aproveitado a oportunidade para mostrar toda a sua destreza ao numeroso público amante da modalidade que se encontra nesta emblemática praia de Santa Maria.

Conforme avançou, “orgulha-se” de ter representado as cores da Itália, “mas competir para o seu país de origem tem um sabor especial, porque vai estar a com o seu povo”.

“Estou supercontente, rodeado da minha família. Este vai ser uma competição e um ano especial para mim. Espero o apoio de todos os amigos e conterrâneos, para poder libertar toda a pressão e consiga levar o nome de Cabo Verde ao patamar maior, que é o centro do pódio”, realçou.

A primeira etapa do Circuito Mundial de Kitsurfe’2019 conta com o concurso de 48 atletas masculinos e 17 femininos, em representação de vários países, estando Cabo Verde representado nesta competição mundial por 10 atletas.

O circuito de Ponta Preta marca o arranque das 13 edições que constituem este evento mundial denominado “2019 GKA Kite World Tour Events” ao qual se seguem as praias de Leucate (França), Dakhla (Marrocos), Sylt (Alemanha), Tarifa (Espanha), Gran Canaria (Espanha), Sotavento (Espanha), Malmo (Suécia), Ilhas Mauricias, Cumbuco (Brasil), Prea (Brasil), Maui (Hawaii) e Torquay (Austrália).

SR/FP

Inforpress/Fim

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos