Rússia garante respeitar cessar-fogo unilateral apesar de disparos ucranianos

Moscovo, 07 Jan (Inforpress) – A Rússia garantiu hoje que tenciona continuar a observar até ao fim do dia o cessar-fogo unilateral que tinha anunciado na Ucrânia, por ocasião da celebração do Natal ortodoxo, apesar dos disparos da artilharia ucraniana.

“Apesar do fogo de artilharia das forças armadas ucranianas em áreas povoadas e posições russas, a aplicação do cessar-fogo anunciado será continuado pelas tropas russas até às 24:00 (20:00 em Cabo Verde)”, anunciou o Ministério da Defesa da Rússia no seu comunicado diário.

O porta-voz do exército russo, general Igor Konashenkov, em conferência de imprensa divulgada pela agência noticiosa Interfax, reiterou também hoje que a Rússia está a cumprir o cessar-fogo unilateral decretado pelo Presidente Vladimir Putin, e acusou as forças ucranianas de continuarem com as operações militares.

“As forças russas têm cumprido o cessar-fogo ao longo de toda a linha de contacto”, disse o porta-voz do exército russo.

A Ucrânia considera que a declaração do cessar-fogo, que entrou em vigor esta sexta-feira, não passa de uma manobra do Kremlin para ganhar tempo, e já denunciou pelo menos um ataque russo contra as suas forças, apesar do cessar das hostilidades.

O governador da região de Sumi, Dimitro Jivitski, escreveu na rede social Telegram que as forças armadas russas atacaram a cidade de Shaliginsk em duas ocasiões ao longo do dia na sexta-feira, embora tenha descartado a possibilidade de haver vítimas.

A região de Sumi foi retomada pelas forças ucranianas no início de abril e desde então a Rússia tem realizado vários ataques aéreos contra essa área.

Inforpress/Lusa

Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos