Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ribeira Grande Santiago: PAICV diz que jovens de Salineiro estão “sem nenhuma solução para a vida”

Cidade da Praia, 28 Dez (Inforpress) – O primeiro secretário do sector da Ribeira Grande de Santiago do PAICV e membro da Comissão Política Regional do partido em Santiago Sul disse hoje que os jovens da localidade de Salineiro estão “sem nenhuma solução para a vida”.

Manuel Monteiro falava à Inforpress, à margem da 26ª Reunião Ordinária da Comissão Política Regional do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) de Santiago Sul, realizada em Salineiro, Ribeira Grande de Santiago, e que teve, entre os pontos da ordem do dia, contactos com a população e análise da situação política na Região.

“Temos jovens desempregados sem nenhuma solução para a vida”, começou por dizer este porta-voz, completando que um dos principais problemas da comunidade de Salineiro é o desemprego jovem, “que é muito gritante”.

No entender de Manuel Monteiro, os jovens de salineiro estão sem solução, tanto por culpa do poder local, que, segundo disse, os tem “ignorado completamente”, como também por causa do poder central que, conforme disse, não tem apresentado nenhuma alternativa.

O primeiro secretário do sector de Ribeira Grande de Santiago do PAICV mostrou-se ainda insatisfeito pelo facto de nas obras da estrada Salineiro/Santana, que decorrem no momento, estarem apenas “três jovens” da localidade de Salineiro empregados.
Os restantes, disse, “é tudo de fora”.

“Optaram por colocar paralelo ao invés de asfalto, dizendo que iam dar mais emprego aos jovens, mas está a acontecer o contrário”, disse Manuel Monteiro, completando que há jovens de Salineiro que se mostraram disponíveis para trabalhar na referida construção, mas que foram “ignorados”.

Além do desemprego jovem, Manuel Monteiro apontou outros problemas sociais, nomeadamente aqueles causados pela seca.

Este responsável partidário acrescentou igualmente de maugrado a pouca chuva que caiu este ano e os gafanhotos que “comeram tudo” que servia de pasto para os animais, facto que, informou, contribuiu para que a situação da vida dos criadores de gado piorasse.

Os agricultores e criadores de gados de Salineiro, estão, conforme Manuel Monteiro, “à espera do tal plano de mitigação que se está a dizer por aí”.

GSF/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos