Ribeira Grande: Polícia Nacional confirma suspeita de mão criminosa no incêndio desta madrugada (c/áudio)

Ribeira Grande, 31 Jul (Inforpress) — O comandante regional da Polícia Nacional (PN), José Lima, confirmou à Inforpress que “há suspeita” de mão criminosa no incêndio que destruiu, nesta madrugada, três carros estacionados nas imediações da rua número 11, em Ribeira Grande, Santo Antão. 

José Lima disse que, por volta da 01:00 da madrugada, a PN da Ribeira Grande foi accionada com uma comunicação de que uma viatura estava em chama junto à rua número 11.

Neste sentido, segundo a mesma fonte, a PN deslocou-se ao local para verificar a veracidade da informação e logo constataram que se tratava de uma “informação verídica”.

José Lima explicou que o incêndio que deflagrava na primeira viatura foi aumentado de dimensão e acabou por atingir duas viaturas ligeiras que se encontravam muito próximas.

O comandante regional da PN afiançou que o fogo foi extinto 45 minutos depois e, segundo o mesmo, “já era tarde demais” porque os bombeiros também “não chegaram a tempo de evitar o pior”.

“A polícia está a investigar a situação e daremos mais informações logo que possível. Há suspeita de mão criminosa”, elucidou José Lima.

LFS/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos