Ribeira Grande de Santiago: Requalificação da orla marítima vai melhorar aspecto ambiental e qualidade de vida da população – edil

Cidade da Praia, 15 Nov (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago afirmou que as obras de requalificação da orla marítima vão melhorar o aspecto ambiental, a qualidade de vida da população e impulsionar o turismo local.

Em declarações à imprensa à margem do acto de apresentação do projecto de requalificação da orla marítima de Cidade Velha, realizado no município de Ribeira Grande de Santiago, Manuel de Pina explicou que a ideia é construir um roteiro turístico e atrair mais pessoas ao berço da cabo-verdianidade.

“O projecto de requalificação vai começar aqui na orla marítima que foi afectada pela tempestade e envolve toda a costa até a antiga esplanada Marimar que está em ruínas. A intervenção vem desde o porto de Santo António até o outro lado da cidade que é São Brás”, disse, sublinhando que todas as intervenções serão pensadas na população local.

Conforme elucidou, esta obra nasceu após a autarquia da Ribeira Grande de Santiago ter conseguido resolver as questões ligadas ao saneamento, medidas essas que, ajuntou, permitiu criar condições para avançar com este projecto.

“Ao longo da intervenção teremos miradouro, zonas de contemplação, pequenos bares, restaurantes, parque infantis, praceta” revelou, salientado que são intervenções que vão gerar actividades económicas à população local que terá prioridade nas oportunidades de gestão das infra-estruturas.

O objectivo principal, segundo Manuel de Pina, é que as obras estejam concluídas dentro de seis meses, uma data que coincide com o 10º aniversário de elevação de Cidade Velha à categoria do património da humanidade.

As obras de requalificação da orla marítima da Cidade Velha são financiadas pelo Fundo do Turismo e estão orçadas em cerca de 40 mil contos.

“O concurso será lançado quarta-feira e por ser uma obra que ultrapassa 30 mil contos todas as empresas terão interesse em concorrer e creio que dentro de dois meses estaremos em condições de arrancar com as obras”, finalizou.

A Cidade Velha é o berço da cabo-verdianidade e também a toponímia do que foi a antiga Cidade da Ribeira Grande, que foi capital do arquipélago de Cabo Verde durante alguns séculos.

Foi a primeira cidade dos portugueses em África, na sua aventura dos descobrimentos, e apresenta alguns dos traçados arquitectónicos originais, incluindo duas igrejas, uma fortaleza real e a Praça do Pelourinho com seu pilar de mármore do século XVI.

Foi declarada Património da Humanidade, no dia 26 de Junho de 2009, pela UNESCO.

CM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos