REPORTAGEM/São Vicente: Projecto Neve Insular com segunda recolha de algodão ecológico do Madeiral

*** Por Letícia Neves, da Agência Inforpress ***

Mindelo, 01 Jul (Inforpress) – O projecto Neve Insular aposta no cultivo de algodão, que já permitiu até duas recolhas este ano deste produto ecológico de São Vicente e produzido no Centro Agroecológico do Madeiral, avançou a promotora, Rita Rainho.

Assim caminha este projecto, que nasceu em 2018, enquadrado no concurso “Boka Panu” promovido pela Feira de Artesanato e Design (URDI) do Centro Nacional de Arte Artesanato e Design (CNAD) e que tinha por tema o padrão da panaria cabo-verdiana como matéria criativa.

Uma oportunidade que Rita Rainho e Vanessa Monteiro, outra das promotoras, encontraram para lançar o “Neve Insular”, uma ideia que gira em torno do algodão, não com o objectivo final de produzir material para indústria têxtil, mas sim criar uma plantação orgânica para responder como matéria-prima para um “laboratório criativo”, delineou Rita Rainho à Inforpress.

“Este é um projecto onde podemos, tanto a nível educativo, como artístico, ter matéria-prima para estudar e criar novos produtos”, elucidou esta artista plástica e designer, indicando que decidiram apostar na própria plantação, em 2019, depois de terem feito oficinas de cardar e fiar para crianças e agricultores, recorrendo inicialmente a algodão importado e também algum espontâneo recolhido na ilha de São Vicente.

Entretanto, o “porto seguro” do “Neve Insular” encontra-se agora no Centro Agroecológico do Madeiral, periferia da cidade do Mindelo, e ocupa, nesta primeira fase, uma parcela de 300 metros quadrados, onde já conseguiram recolher cerca de 10 quilos deste material, extraídos em Fevereiro último, agora em Junho e com programação para uma terceira extracção em Agosto.

Este material recolhido, di-lo Rita Rainho, deverá servir para os trabalhos planificados para 2020 e 2021, entre os quais a formação profissionalizante “Ciclo de algodão”, que terá como público-alvo artesãos experientes, mas também os emergentes, que pretendam saber mais sobre essa técnica.

“Por isso, é importante ter um algodão local, que nos permita estudar os tipos que temos, como se comportam em termos de fio e além de que é um motivo para recuperar uma tecnologia ancestral”, sustentou a designer, que também espera junto com Vanessa Monteiro recuperar formas semi-mecanizadas de transformar o algodão, utilizando equipamentos como descaroçador, cardas, fuso, roda de fiar, dobadeira e teares, a serem produzidos por carpinteiros e marceneiros locais.

Neste momento, as autoras de Neve Insular estão também a preparar os terrenos para avançar com o cultivo da segunda e terceira parcelas, que devem aumentar a produção e solidificar o conhecimento que ganharam desta arte, a que mais ninguém se dedica em São Vicente, pelo menos pelo que sabem.

Unindo dois em um, o projecto tem dado a oportunidade de recolher outros tipos de alimentos, entre os quais mandioca e feijão, seguindo o princípio de agro-ecologia e com a aplicação da estratégia chamada “Consórcio de espécies”.

“Esta é uma associação de plantas com os seus diferentes tipos de raízes e diferente absorção, que garantem que o terreno fique equilibrado e ao mesmo tempo enriquecido”, esclareceu Rita Rainho, revelando que nas parcelas dois e três contam introduzir um outro conceito, o de agro-florestal, que inclui plantas de grande porte como árvores, projectado para que daqui a alguns anos o terreno seja uma floresta.

Além das componentes agrícola e educativa, o projecto Neve Insular contempla ainda uma vertente artística, que deve reunir, ainda em 2020, tecelões nacionais e uma artista internacional, a senegalesa Johanna Bramble, numa residência artística, que tem por nome “Rbera – Correntes Orgânicas”.

Planos futuros desta ideia envolta pelas montanhas e vales do Madeiral e que conta com a parceria da União Europeia, CNAD, Ministério da Agricultura e Ambiente e outros parceiros.

LN//JMV

Inforpress/Fim

Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Sociedade
Desporto
Politica
Economia
Internacional
  • Galeria de Fotos