Remex 2022: Organização pensa na internacionalização da prova em 2023

Porto Novo, 06 Ago (Inforpress) – A Remex, a travessia a remo do canal São Vicente/Porto Novo, num percurso de nove milhas náuticas, caminha para a internacionalização, podendo já na edição de 2023 contar, pela primeira vez, com remadores internacionais.

Aníbal Delgado, organizador deste evento, cuja sexta edição realizou-se este sábado, 06, avançou à imprensa em Santo Antão que a Remex tem vindo a crescer, perspetivando “para o ano” a internacionalização desta competição, com presença de remadores portugueses.

A mesma fonte avançou que a organização está já em contactos com clubes portugueses de remo e canoagem com vista à presença de atletas estrangeiros na edição 2023 da Remex, materializando, assim, o propósito de internacional da Remex.

A edição deste ano, que se realizou este sábado, teve a presença de nove remadores, contando pela primeira com uma presença feminina.

António Gomes, vulgo “Bobra” conquistou esta sexta edição da Remex ao fazer a travessia de nove milhas náuticas em duas horas e 16 minutos.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos