Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Religião: Igreja Adventista de Cabo Verde ordena dois novos pastores ao Santo Ministério (c/áudio)

Assomada, 01 Mai (Inforpress) – A Igreja Adventista do Sétimo Dia em Cabo Verde foi reforçada com mais dois pastores, ordenados, hoje, numa cerimónia orientada por um corpo pastoral composto por cinco pastores já ordenados.

Trata-se dos pastores José Maria Lopes, da distrital de Santa Catarina/Tarrafal e Samyles Tavares, tesoureiro da Associação das Igrejas Adventistas do Sétimo Dia em Cabo Verde (AIASD-CV) e actualmente pastor na Igreja em Alto da Glória, cidade da Praia.

Em declarações à imprensa, momentos antes da cerimónia dos dois pastores que estiveram acompanhados das suas esposas, o presidente da AIASD-CV, Natalino Martins, assegurou que, “pela graça de Deus”, o corpo pastoral da Igreja Adventista em Cabo Verde torna-se “mais forte”

“A ordenação desses dois pastores, com certeza é um ganho muito grande, não só para a nossa Igreja em Cabo Verde, mas a nível da Igreja Adventista mundial, tendo em conta que eles [os ordenados] poderão actuar como pastores em Cabo Verde e em outras partes do mundo”, explicou.

Tendo em conta que a Igreja tem mais jovens licenciados em Teologia, mostrou-se convicto de que nos próximos anos o arquipélago que passa a partir de hoje a contar com oito pastores ordenados venha a ter mais jovens para o “santo ministério”.

Na ocasião, Natalino Martins pediu aos novos pastores a não sentirem “medo” de proclamar a palavra de Deus, a verdade, e de levar a mensagem de esperança e de amor por onde passem.

O religioso disse esperar que haja mais jovens dispostos a seguirem a formação de teologia, para que possam fazer parte deste “corpo pastoral” e tornarem-se “ministros de Deus”.

“Deus hoje precisa de jovens para terminar o seu trabalho, para levar a mensagem de salvação e de esperança para a nossa sociedade que está cada vez em declínio espiritual. Por isso, quanto mais jovens envolvidos nesse trabalho conseguiremos com certeza levar esta mensagem para todas as pessoas, e com certeza o nosso País sairá a ganhar”, vaticinou.

O líder religioso apelou aos jovens fiéis no sentido de apoiarem os novos pastores, de forma que o trabalho possa permitir resgatar mais almas para Cristo.
Por sua vez, o pastor José Maria Lopes, de 54 anos, comprometeu-se em continuar a levar as boas novas do Evangelho de Deus a todos cantos da terra.

“Essa missão é da parte de Deus, aceitei, e estou aqui para levar o Evangelho. Não há que temer, porque Deus é o meu escudo, minha força e minha rocha. Ele me chamou, aceitei e estou aqui”, declarou, manifestando-se disposto a desempenhar essa missão aonde Deus o enviar quer em Cabo verde ou em outra parte do mundo.

Aos jovens, pediu-os para aceitarem o Evangelho assim como diz a bíblia, que é receber e transmitir no viver e no falar.
Já o pastor Samyles Tavares, de 38 anos, comprometeu-se também levar o Evangelho a toda a criatura, para que também possam conhecer Deus e aceitar Jesus Cristo.

“Todos os que aceitarem o Evangelho em Cristo, segundo a promessa bíblica, vão alcançar o Reino de Deus”, observou.

Na ocasião, não obstante o momento difícil que o País atravessa por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), o recém ordenado pastor deixou uma mensagem de esperança em Deus, que lembrou, “é nosso suporte, nosso escudo e nossa protecção”.

Apelou a todos para aceitarem a Deus como “um todo”, advertindo que na vida sem Deus não há solução.

A cerimónia de ordenação dos dois pastores, que teve como palco o polidesportivo de Nhagar, Assomada, Santa Catarina (ilha de Santiago), devido à situação epidemiológica no País e às orientações sanitárias impostas pelo Ministério da Saúde, contou com uma presença “reduzida” de membros e convidados.

Além do corpo pastoral de Cabo Verde, estiveram presentes na cerimónia o secretário executivo e o director da associação pastoral da União Missão do Oeste do Sahel, a organização sub-regional da Igreja Adventista nesta região da África do Oeste.

Durante a cerimónia, o momento mais marcante foi a oração e a imposição de mãos. No final do rito cerimonial os pastores ordenados, acompanhados das suas esposas, receberam cumprimentos dos membros e convidados, num evento, cujo louvor e muita emoção tomaram conta do pavilhão desportivo de Nhagar.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos