Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Reitor da Uni-Piaget diz que Universidade continua à espera de incentivos do Governo para projectos de investigação (c/áudio)

Cidade da Praia, 25 Out (Inforpress) – O Reitor da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde, Wlodzimierz Szymaniak, disse hoje, em declarações à Inforpress, que aquela instituição de Ensino Superior continua à espera do “há muito enunciado” incentivos do Governo para projectos de investigação.

Wlodzimierz Szymaniak falava à Agência Cabo-verdiana de Notícias, à margem de uma conferência sobre os desafios e oportunidades para jovens cientistas, que decorre durante hoje e sexta-feira, na Universidade Jean Piaget, no âmbito do evento “Next Einstein Fórum – África Science Week”, que acontece na capital do país sob o lema “The next Einstein will come from Africa”.

“O que estamos ainda à espera da parte do Estado é o já há muito anunciado concurso para projectos de investigação. Foi trabalhada a Agenda Nacional de Investigação, mas, embora o Orçamento do Estado preveja uma verba para projectos de investigação, para já, ainda não houve concursos publicados e estamos à espera”, afirmou.

Wlodzimierz Szymaniak adiantou ainda que, seguramente, a Universidade Jean Piaget de Cabo Verde poderá contribuir com “algumas propostas interessantes”, nomeadamente na área da saúde, ambiente, tecnologias, economia, dentre outras.

“Temos vários projectos interessantes. Por exemplo, o trabalho, recentemente concluído, a publicação do livro A Economia cabo-verdiana, que acaba de sair em Espanha. A obra coordenada pela professora da Uni-Piaget, Arlinda Rodrigues, directora da Unidade das Ciências Económicas, Empresariais e Jurídicas, conta com a colaboração de vários professores da Universidade Jean Piaget e também de professores externos. Mas a maioria é da Uni-piaget”, informou.

O Reitor da Jean Piaget explica ainda que o livro pretende retratar a situação real da economia de Cabo Verde, mas, principalmente, oferecer uma ferramenta de trabalho par o público externo.

Quanto às recentes declarações do Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, que defendeu uma mudança de critérios para o incentivo do Estados às instituições de Ensino Superior em Cabo Verde, para que o mesmo não leve em consideração apenas a Universidade Pública, Wlodzimierz Szymaniak comentou que é impossível discordar desta opinião

“Para mim, é uma situação muito justa que o estudante receba a bolsa do Estado e escolha a escola onde quer estudar ou a formação que pretende realizar”, finalizou.

GSF/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos