Regata ARC+ aumentou de 23 para 93 o número de veleiros em dez escalas em São Vicente

*** Por Américo Antunes, da Agência Inforpress ***

Mindelo, 22 Nov (Inforpress) – A regata transatlântica ARC+ para iates efectuou semana passada a sua décima escala na Marina do Mindelo, com o registo de mais 70 veleiros em comparação com a primeira escala ocorrida em 2007.

Naquela época, segundo a directora de Operações Gerais da Marina do Mindelo, Jaqueline Gomes, a regata Atlantic Rally for Cruisers (ARC+) chegou a São Vicente com apenas 23 veleiros, mas a tendência tem sido para o aumento do número a cada vez que vem ao Mindelo, chegando este ano a 93.

“A casa está cheia porque, para além dos iates que integram as regatas, muitos outros acompanham e ficam mais dias em São Vicente, e até o mês de Dezembro, a julgar pelo número de reservas, deveremos manter a casa cheia”, informou a directora Jaqueline Gomes, que anunciou para o mês de Janeiro a chegada de mais duas regatas “mais pequenas”.

Desde inícios do corrente mês de Novembro, com efeito, a Marina do Mindelo, fundada em 2004 e com capacidade para receber 140 veleiros, entrou na designada época alta sazonal de turismo de recreio náutico e, em 16 dias, já recebeu duas regatas.

De 02 a 09 de Novembro acolheu a regata francesa Ralie du Soleil, uma das fundadoras da Marina do Mindelo, com 28 iates e aproximadamente 120 pessoas, e de 11 a 18 a ARC+, com 93 iates e 423 pessoas, entre elas 34 crianças.

Questionada sobre o impacto ecónomico desta movimentação de pessoas e veleiros no tecido económico de São Vicente, Jaqueline Gomes disse que a Marina do Mindelo tem o seu estudo interno, que não revela, mas que não tem dúvidas de que o impacto “é grande” para a ilha.

“Durante uma semana fazem abastecimento de combustível, géneros alimentares e bebidas, consomem nos restaurantes, bares e minimercados da cidade, para além de contratar serviços de apoio que a marina não dispõe como lavandaria e mecânica, entre outros”, exemplificou.

“É um impacto grande na ilha, mas sem esquecer a ilha vizinha, pois os velejadores quase sempre fazem excursões a Santo Antão, por nossa recomendação”, reforçou.

A Inforpress consultou um estudo do Observatório do Turismo do Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais (ISCEE) destinado a avaliar o perfil e o grau de satisfação dos participantes da regata ARC+, no ano de 2021.

Nas suas conclusões, o estudo assinalou que em seis dias essa visita gerou mais de 10 mil contos de impacto na ilha, baseado no valor médio das despesas diárias por pessoa e o número de tripulantes adultos da regata, que foi de 278.

Por outro lado, em relação ao funcionamento dos serviços de apoio da Marina do Mindelo nesta época alta, a directora de Operações Gerais disse que tudo muda, a começar pelo bar/restaurante, que geralmente funciona com dois turnos de quatro pessoas, mas que se vê obrigado a recrutar mais empregados.

“Mas não é só no bar/restaurante, é a recepção, a manutenção e a segurança”, reforçou Jaqueline Gomes, que deu o exemplo das lavandarias que, dado as solicitações, este mês quatro lavandarias de São Vicente foram à Marina prestar serviço, ou seja, recolha de roupa de manhã e entrega à noite, quando numa época normal as pessoas vão cidade à procura desse serviço.

“Não há comparação entre uma época alta e nos restantes meses do ano”, exclama a directora de Operações Gerais da Marina do Mindelo.

A Inforpress quis saber se a passagem, em Janeiro de 2023, da regata Ocean Race por São Vicente terá algum impacto na Marina do Mindelo, Jaqueline Gomes disse que devido ao calado das embarcações não é possível aportarem a marina.

“Mas sendo uma estrutura de apoio ao turismo de recreio náutico e porque os velejadores apreciam ambientes de velejadores acredito que nos farão uma visita”, vaticinou.

A Marina do Mindelo foi fundada em 2004, mas entrou em funcionamento em 2007, e objectiva administrar e operar uma infra-estrutura adequada para abrigar embarcações de recreio, prestar serviços e apoiar actividades náuticas recreativas na Baía do Porto Grande.

AA/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos