Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Rede médica da Áustria destaca evolução de Cabo Verde na prática de cirurgias ligadas ao joelho

Cidade da Praia, 19 Nov (Inforpress) – Uma rede de médicos que cooperam com Cabo Verde no sector da saúde destacou hoje a evolução de Cabo Verde na prática de cirurgias ao joelho, apontando uma valiosa relação de amizade entre profissionais dos dois países.

A missão encontra-se no arquipélago para assistir os médicos do Hospital Agostinho Neto (HAN) numa técnica de reparo dos ligamentos do joelho, que segundo o seu porta-voz, Karl Rabitsch, trará “benefícios enormes” aos profissionais cabo-verdianos.

“Há uma grande evolução nessa prática em Cabo Verde, mas é sempre bom melhorar ainda mais. É um procedimento difícil, mas estou aqui para assistir aos médicos a apreenderem esta técnica que será uma grande melhoria para o hospital”, considerou.

Conforme informou, estará no País durante três semanas na qual participará em intervenções com vários pacientes.

Por outro lado, Karl Rabitsch classificou a relação entre os médicos austríacos e cabo-verdianos “valiosa”, que, segundo indicou, perdura há quase 20 anos, sendo que o mesmo participou da primeira missão da rede no País.

“Já temos experiência de profissionais cabo-verdianos, nomeadamente médicos e enfermeiros que estiveram em Viena para ver como funciona todo o ambiente à volta de várias intervenções cirúrgicas”, assinalou.

Por sua vez, o cirurgião cabo-verdiano ortopedista traumatologia Murtala Keita avançou que tem sido uma boa parceria e que o HAN tem tido uma “evolução especular” em termos de cirurgia de reconstrução de ligamento de joelho, que é uma patologia que afecta na maioria dos casos os atletas e praticantes do desporto.

Conforme o médico, antigamente se fazia a operação pela via aberta, ou seja, abria-se o joelho para se reconstruir, mas, actualmente é feita pela via autoscópica, com pequenas incisões para a reparação das ligações.

A rede de médicos da Áustria tem se deslocado a Cabo Verde todos os anos, trazendo “know how” e equipamentos para processos de cirurgias.

HR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos