Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

RDC: 192 mortes desde o início da epidemia de meningite em Setembro

Kinshasa, 09 Out (Inforpress) – A epidemia de meningite que eclodiu no início de Setembro no nordeste da República Democrática do Congo (RDC) resultou em 1.506 casos, incluindo 192 mortes, uma taxa de letalidade de 12,7%, anunciou o Ministro da Saúde.

Por ocasião do Conselho de Ministros, Jean-Jacques Mbungani exortou o governo a tomar medidas para liberar $ 1.470.000 a fim de evitar o agravamento da situação frente a esta epidemia ocorrida na província de Tshopo (nordeste).

A meningite é transmitida por gotículas de secreções respiratórias de pessoas infectadas. O contacto próximo e prolongado ou a coabitação íntima com uma pessoa infectada facilita a propagação da doença. Embora pessoas de qualquer idade possam contrair a doença, ela afecta principalmente bebês, crianças e jovens.

Mais de 1,6 milhão de pessoas com idades entre 1 e 29 anos foram vacinadas em 2016 em Tshopo, que está localizado no cinturão da meningite africano que se estende por todo o continente do Senegal à Etiópia, passando por 26 países. Esta área é a mais vulnerável do mundo a surtos recorrentes.

Já ocorreram epidemias de meningite em várias províncias da RDC no passado. Em 2009, uma epidemia em Kisangani (nordeste) infectou 214 pessoas e causou 15 mortes, ou uma letalidade de 7%.

Inforpress/Xinhua

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos