Ratificação do protocolo de Malabo debatida entre ministro dos Assuntos Parlamentares e chefe do Parlamento Pan-Africano

 

Cidade da Praia, 26 Abr (Inforpress) – A ratificação do protocolo de Malabo para permitir que o Parlamento Pan-Africano tenha poderes legislativos foi hoje tema da conversa entre o ministro dos Assuntos Parlamentares e da Presidência do Conselho de Ministros e o presidente dese órgão.

Em declarações à imprensa no final da audiência, o presidente do Parlamento Pan-Africano, Roger Nkodo Dang disse que está confiante que Cabo Verde vai ratificar e assinar o novo protocolo da instituição, adoptado em 2014 pelo chefes de Estado dos países-membros da União Africana (UA).

O presidente do Parlamento Pan-Africano explicou que a audiência com o ministro dos Assuntos Parlamentares, Fernando Elísio de Andrade, vem na sequência de outros encontros realizados visando sensibilizar as autoridades cabo-verdianas para a ratificação do protocolo de Malabo que recomenda a transformação do Parlamento Pan-Africano num órgão legislativo em vez de consultivo.

“Já tivemos encontros importantes com os presidentes da República, Jorge Carlos Fonseca, da Assembleia Nacional, Jorge Santos, e com o primeiro-ministro, Ulisses Correia Silva, para pedir a ratificação do protocolo”, sublinhou Roger Nkodo Dang.

Na ocasião, o responsável do Parlamento Pan-Africano manifestou também a sua satisfação pela “reacção muito positiva” que a sua delegação teve nos encontros com as autoridades cabo-verdianas sobre a ratificação do protocolo de Malabo.

“Estamos satisfeitos com as autoridades cabo-verdianas que reconhecem a importância do Parlamento Pan-Africana”, realçou Roger Nkodo Dang, no final do encontro com o ministro dos Assuntos Parlamentares de Cabo Verde.

JL/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos