Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PTS promete trabalhar para que em 2026 seja um partido com melhor representação (RECTIFICADA)

Cidade da Praia, 02 Mai (Inforpress) – O vice-presidente do Conselho Nacional do PTS fez hoje um balanço “positivo” da participação do partido nas legislativas de 2021 e prometeu maior dinamismo para que nas eleições de 2026 o PTS seja um partido com melhor representação.

Carlos Lopes, que falava à Inforpress após um encontro do Partido do Trabalho e da Solidariedade (PTS), em memória do seu fundador, Onésimo Silveira, falecido na quinta-feira, avançou que para maior dinamismo do partido vai ser realizado, no mês de Julho, o próximo congresso.

“A nossa participação nas legislativas nos demonstrou que existe espaço para novas estruturas se posicionarem, embora seja difícil e requer muita luta e perseverança. O País precisa de novas visões e novas abordagens para o povo que necessita de explicações”, disse, afirmando que tudo isso levou a que o PTS participasse nas eleições legislativas de Abril.

Ainda segundo Carlos Lopes, ao participar nesse embate, o PTS tornou a juventude cabo-verdiana mais forte, conseguindo fazer com que os jovens fossem às urnas a partir do momento em que ficaram esclarecidos sobre a importância da sua participação e função da política na vida de cada um.

Conforme o vice-presidente do Conselho Nacional do PTS, que agradece a população que os auscultou aquando da campanha eleitoral, o partido que representa contribuiu, com a sua participação, para o desenvolvimento e solidez da democracia cabo-verdiana.

“Terminamos uma fase e agora vamos começar uma nova época acompanhando o novo elenco governativo e propondo trabalho para maior desenvolvimento do país”, disse, realçando que, nos próximos cinco anos, o PTS vai trabalhar no terreno para que a sua mensagem chegue a todas as comunidades do arquipélago.

O trabalho do PTS é conseguir, nas próximas eleições, ter espaço no parlamento, para poder levar ao debate todo o sentimento e desejo do povo.

A intenção, explicou, é conseguir equilíbrio e ter novas ideias no parlamento, pois, o povo deve saber que não é o ministro quem governa, mas sim o parlamento ao aprovar e decidir sobre as leis, políticas e orçamento para o país.

O encontro de hoje, segundo Carlos Lopes, serviu também para uma reflexão sobre a memória do “saudoso Onésimo Silveira”, fundador do partido, o homem que lutou por um “Cabo Verde mais justo” e acreditava que a sua ideia era importante para o país.

(RECTIFICA-SE CORRIGINDO O TÍTULO E O LEAD)

PC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos