Provas de circuitos de atletismo de montanha poderão ser alternativa importante para as zonas altas de Santo Antão – PM

 

Ribeira Grande, 26 Jun (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, considerou, domingo, que a implementação de provas de atletismo em circuitos de montanha poderá ser uma alternativa muito importante para dinamizar as zonas altas da ilha de Santo Antão.

Ulisses Correia e Silva, que prossegue hoje a sua visita ao concelho da Ribeira Grande, falava à população da zona de Corda, referindo-se à perda de oportunidades que a entrada em funcionamento da estrada Janela/Porto Novo trouxe para as localidades limítrofes à estrada Ribeira Grande/Porto Novo, via montanha.

É que anteriormente a produção agrícola podia ser escoada através da venda às pessoas que transitavam nessa estrada mas, com a entrada em funcionamento da estrada Janela/Porto Novo o tráfego reduziu-se drasticamente e as coisas ficaram mais difíceis para as populações locais.

“O ministro do Desporto esteve nas Canárias, precisamente, para ‘bebermos’ a experiência da organização de provas de circuitos de montanha, em atletismo”, disse Ulisses Correia e Silva para enfatizar a ideia da aposta no turismo desportivo e outro, como alternativa para o desenvolvimento de Corda e das outras localidades do Planalto Leste.

No entender do chefe do Governo a realização desse tipo de provas, nas zonas altas de Santo Antão, ainda que seja apenas uma por ano, trará grande projecção internacional com a vinda de Órgãos de Comunicação Social especializados além dos praticantes desses desportos e outros turistas.

“Esta zona tem potencialidade para o desenvolvimento de circuitos turísticos organizados, miradouros, que permitirão mais movimentação nesta zona”, concluiu Ulisses Correia e Silva.

HF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos