Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Programa plurianual 2021-2027 vai balizar o novo ciclo de cooperação entre UE e Cabo Verde – nova embaixadora

Cidade da Praia, 19 Set (Inforpress) – A nova embaixadora da União Europeia (UE) no arquipélago, Carla Grijó, anunciou hoje, na Cidade da Praia, que o programa bilateral plurianual para o   período 2021-2027   vai “balizar” o novo ciclo de cooperação com Cabo Verde.

Na sua intervenção,  durante a cerimónia de apresentação de cartas credenciais ao Presidente da República, Jorge Carlos, Fonseca, a diplomata   disse augurar que este programa contribua para uma recuperação económica sustentável do País   do ponto de vista ambiental e socialmente inclusivo.

“Neste contexto,  quero realçar o apoio da UE em relação à ambição de Cabo Verde   até 2030 alcançar 50 por cento (%) de fontes renováveis de energia (…) que terá um impacto positivo na sua projeção internacional”, indicou.

Carla Grijó apontou que a evolução da Parceria Especial de Cabo Verde com a União Europeia   recebeu um” importante impulso” na recente reunião   ministerial realizada em Lisboa, (Portugal). a 29 de Junho do corrente ano,

“A próxima reunião ministerial está prevista para 2022 em Cabo Verde e será, com certeza, uma excelente oportunidade para realizarmos um ponto de situação sobre o roteiro traçado em Lisboa e sobre o novo ciclo de cooperação“, indicou a nova embaixadora da União Europeia (UE), que substitui Sofia Moreira de Sousa 

Por outro lado, “dado ao impacto da covid-19 no tecido económico e social cabo-verdiano”, a embaixadora prometeu   continuar    apoiar   o Governo nas medidas de mitigação da crise, “com especial atenção aos grupos mais vulneráveis, tendo em conta o objectivo vertido na ambição 2030   de erradicação da pobreza extrema”.

“Continuaremos também a dar uma atenção especial à promoção da igualdade de género e na nossa solidariedade   com os objectivos de Cabo Verde relativamente à vacinação contra a covid-Covid-19, para possibilitar a retoma dos fluxos turísticos”, acrescentou.

Por sua vez, o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, classificou o relacionamento entre Cabo Verde e UE como uma realidade “quase incontornável “da política externa e que tem deixado “marcas significativas” em diversos domínios da administração pública cabo-verdiana.

O mais Alto magistrado   da Nação enalteceu igualmente    a Parceria da Mobilidade e a “feliz iniciativa” unilateral de Cabo Verde de isentar de vistos os cidadãos da União Europeia, por um período não superior a 30 dias.

“Saúdo igualmente todo o contributo   que a União Europeia e os seus estados-membros têm dado na luta contra a covid-19, nomeadamente no que toca à disponibilização de vacinas”, acrescentou.

 Para terminar, Jorge Carlos Fonseca desejou à nova embaixadora “sucessos no exercício na sua “nobre função”, assegurando que possa contribuir para o “contribuir reforço da aproximação entre Cabo Verde e a União Europeia “.

OM/JMV

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos