Programa Go-Wamer premeia incitativas ligadas à conservação marinha e costeira na eco região

 

Cidade da Praia, 04 Out (Inforpress) – O Programa Go-Wamer lança prémio “Go-Wamer/UE-Prêmio PNUD 2017”, a fim de recompensar as melhores incitativas na eco região marinha da África Ocidental, ligadas à conservação marinha e costeira, segurança alimentar e redução da pobreza.

Esta informação foi avançada hoje à Inforpress pela coordenação do gabinete do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em Dakar, Senegal, através de um comunicado.

O Programa que termina em Dezembro de 2017, tem como objectivo contribuir para a redução da pobreza e para o reforço da segurança alimentar das comunidades costeiras e eco região, através da melhoria da governação e da promoção de adopção de boas práticas em matéria de utilização sustentável e durável dos recursos marinhos e costeiros na região.

Cabo Verde, Gambia, Guiné Bissau, Guiné Conacry, Mauritânia e Senegal são os beneficiados deste programa de Governação, Políticas de Gestão de Recursos Marinhos e Redução da Pobreza na eco região, financiado em 10,5 milhões de euros pela União Europeia (UE) e pelo PNUD.

As organizações ou pessoas singulares desses países que integram a eco região podem apresentar as suas candidaturas até o dia 13 de Outubro, através do endereço do email, contestgowamer2017@gmail.com.

Conforme explicaram, nesta edição os vencedores serão premiados com duas distinções, uma para as iniciativas de conservação e gestão sustentável dos recursos marinhos e costeiros e outra para actividades geradoras de rendimento que respeitem o meio ambiente, para melhorar a segurança alimentar e combater à pobreza.

O referido prémio será atribuído à margem da conferência de encerramento do programa Go-Wamer, agendado para 5 a 7 de Dezembro de 2017 em Banjul, Gâmbia.

Em 2016, Cabo Verde através da Associação das Mulheres de África Ocidental, Célula Cabo Verde (RAMAO), foi a vencedora do “Prémio Conservação” do PNUD, com o projecto “Um grito contra a apanha d’areia”.

No âmbito do programa Go-wamer, Cabo Verde, foi beneficiado com a aquisição da embarcação, Vedeta, destinada à fiscalização da Área Marinha Protegida de Santa Lúzia e foram ainda instalados quatro dispositivos de concentração de peixes, nas localidades de Cidade Velha e Porto Mosquito, entre várias outras iniciativas.

AM/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos