Procurador especial quer interrogar antigo chefe de gabinete da Casa Branca sobre contactos com Rússia

 

Washington, 13 Ago (Inforpress) – O procurador especial Robert Mueller quer interrogar o antigo chefe de gabinete da Casa Branca Reince Priebus, no âmbito do inquérito sobre um eventual conluio entre a equipa de Donald Trump e a Rússia durante a campanha eleitoral de 2016.

A informação está a ser avançada pela edição de hoje do New York Times, que refere que, para aferir sobre se houve ou não intenção de obstrução à justiça pelo Presidente norte-americano, Robert Mueller quer ouvir vários membros e antigos elementos da administração de Donald Trump sobre a demissão repentina do diretor do FBI James Comey.

No final de Julho, e ainda no contexto das relações com a Rússia que ensombraram o início do mandato do multimilionário, o FBI fez uma busca à residência do antigo director de campanha do Presidente, Paul Manafort.

Os elementos da equipa de Robert Mueller também pediram à Casa Branca documentos relativos a Michael Flynn, um antigo conselheiro para a segurança nacional que caiu em desgraça depois de alegadamente ter dissimulado contactos clandestinos mantidos com um funcionário do governo russo durante a campanha.

Lusa/Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos