Primeiros-secretários de sector do PAICV para Santiago Sul confirmaram a queda de Nelson Centeio

 

Cidade da Praia, 12 Jul (Inforpress) – O porta-voz do colectivo dos seis primeiros-secretários de sector do PAICV, de um total de sete, reafirmou hoje a “queda” do presidente da Comissão Política Regional de Santiago Sul (CPRSS), Nelson Centeio.

Em conferência de imprensa hoje na Cidade da Praia, Manuel Teixeira, que se apresentou ladeado de outros cincos secretários de sector do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, disse que “com a demissão de 13 dos 18 membros da CPRSS, o presidente desta comissão caiu”, citando a “deliberação nº 9 da Comissão de Jurisdição de Fiscalização”.

Por conseguinte, o grupo considera estar consumado o acto de destituição “atendendo que por força da razão o órgão já não reunia as mínimas condições para o seu funcionamento”, e manifesta ainda sua “total solidariedade” para com os demissionários da CPRSS, e a presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada.

Por outro lado, o grupo acusa Nelson Centeio de arrogância e de ter protagonizado um “comportamento injurioso” para com a líder do PAICV e secretário-geral, “chegando a ponto de arrogar-se como único fiel intérprete dos Estatutos do PAICV”.

Manuel Teixeira refutou ainda qualquer tentativa de associar as demissões à manipulação, alegando que o PAICV, “é um partido de esquerda democrática e progressiva que se preze…”, e que em qualquer circunstância prioriza a máxima Cabralista (…) “andar com os próprios pés e pensar com a própria cabeça”.

Por fim, o grupo classifica este imbróglio de um “indesejável acidente de percurso” e afirma que “é hora de arrepiar caminho”, confiante na direcção do Partido e firme nas suas atitudes em prol da consolidação da actual liderança, “por um PAICV forte e positivo”, enfatiza.

SR/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos