Primeiro-Ministro preocupado com situação da Praia e garante que tudo será reconstruído

São Filipe, 12 Set (Inforpress) – O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, mostrou-se hoje preocupado com a situação da Cidade da Praia na decorrência das fortes chuvas e garantiu que tudo que for destruído será reconstruído.

O chefe do Governo, que se encontra na ilha do Fogo, disse que depois de três anos de seca consecutiva há registo de boas chuvas, mas que na “Cidade da Praia tem sido torrencial e tem provocado alguns estragos”.

O primeiro-ministro endereçou uma mensagem de alerta e apelo às pessoas de que a chuva é benvinda, mas que nestas condições não convém sair às ruas e ficar em cima de pontes e à beira de ribeiras porque, explicou, representa um perigo iminente e o tempo pode mudar a qualquer momento e há previsão para mudar rapidamente com ventos fortes.

Face a situação, este indicou que o Governo vai fazer tudo para reconstruir aquilo que for destruído e que tem sido objecto de inundações, quer os estragos de obras quer de particulares, observando que ainda hoje vai reunir, a partir da ilha do Fogo, com os membros do Governo que fazem parte do Gabinete de Crise para a tomada das melhores decisões e apoiar a câmara da Praia naquilo que for necessário para fazer a reconstrução.

“Estamos em situação de pandemia e não convém que as pessoas saiam as ruas para festejar com ajuntamento e amontoada de pessoas”, referiu o chefe do Governo, lembrando que é necessário ter a precaução nestes momentos.

Ulisses Correia e Silva que se encontra de visita à região na qualidade de líder do MpD, decidiu cancelar todas as actividades políticas previstas sábado e domingo nas ilhas do Fogo e Brava.

O chefe do Governo deverá regressar domingo à Cidade da Praia para acompanhar de perto toda a situação, particularmente na Praia, mas também em Santo Antão, que registou alguns estragos das chuvas anteriores, como obstrução de estradas e caminhos.

Ulisses Correia e Silva que fez uma deslocação às zonas altas do município de São Filipe, afirmou que a ilha do Fogo está com uma chuva mansa e boa, mas lembrou que há previsão de mudança de tempo até o dia 14 e que as ilhas do Sul poderão estar sujeitas a chuvas e ventos mais fortes e que é preciso prevenção e seguir as recomendações da Protecção Civil.

A nível da Cidade da Praia indicou ainda que o Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCVB) foi accionado e está no terreno, reforçado com a presença de elemento da Polícia Nacional e dos Militares para poder salvar vidas e precaver situações de emergências, inclusive fazer o realojamento das pessoas, caso for necessário, mas também para evitar que haja muita circulação e ajuntamento de pessoas.

JR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos