Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidente FCF realça “grande contributo” do Seven Stars e da Lúcia Moniz para o futebol feminino em Cabo Verde

Cidade da Praia, 07 Ago (Inforpress) – O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Mário Semedo, realçou hoje o grande contributo que a equipa do Seven Strars e a atleta Lúcia Moniz têm dado para o futebol feminino em Cabo Verde.

Mário Semedo falava na cerimónia de homenagem à equipa e à futebolista Lúcia Moniz pela sua estreia no torneio de qualificação da liga dos campeões africanos feminino da Zona UFOA, que foi realizado em Cabo Verde 24 a 30 de Julho.

Durante a sua alocação o presidente da FCF sublinhou o grande esforço que foi realizar este evento em Cabo Verde, mas afirmou que no final o balanço foi positivo, com o país a ser elogiado a nível internacional pela organização da liga.

“No final Cabo Verde e o futebol feminino cabo-verdiano saíram a ganhar. Naturalmente que sendo uma primeira participação e contra equipas consideradas mais experientes, a prestação do Seven Stars foi positiva”, disse.

“Até o último jogo Seven Stars dependia de si própria para qualificar-se para o Egipto. Entretanto, um que tinha de ganhar, e ganhou o Mali, coincidentemente, a única equipa que não perdeu com a nossa equipa. Isso demonstra também o valor do Seven Stars”, acrescentou.

E tendo em conta essa prestação e cumprindo o dever institucional, a FCF decidiu reconhecer esse feito do Seven Star de ter sido a primeira equipa cabo-verdiana de futebol feminino a participar naquilo que é considerada a prova máxima africana a nível do futebol feminino.

“Isto é um marco que ninguém consegue retirar – a primeira equipa -, mas também quisemos homenagear Seven Stars pela grande contribuição que tem dado ao futebol feminino em Cabo Verde”, acrescentou adiantando que durante a liga o Seven Stars mostrou-se uma equipa “organizada, disciplinada, determinada e, sobretudo, uma família”.  

Para além da equipa no seu todo, a FCF homenageou, de forma particular, a futebolista Lúcia Moniz, um reconhecimento que, nas palavras do presidente Mário Semedo, extravasa o seu estatuto de atleta.  

“Lúcia tem vindo a ser uma voz viva e ouvida a nível de promoção de futebol feminino aqui em Cabo Verde. Falar da Lúcia, é falar da liderança, de determinação, de combatividade, de perseverança porque mesmo em situações de extrema dificuldade ela nunca virou a cara a ninguém”, disse.

A agraciada agradeceu o gesto da FCF e a equipa do Seven Stars e prometeu continuar na luta para o desenvolvimento do futebol feminino em Cabo Verde.

Na cerimónia participaram também a primeira-dama, Lígia Fonseca, e a presidente do Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), Rosana Almeida, que deixaram mensagens de reconhecimento e encorajamento à equipa.

A equipa do Seven Stars participou na Liga de futebol feminino da União de Futebol da África Ocidental (UFOA) que aconteceu de 24 a 30 de Julho, na Cidade de Mindelo, em São Vicente.

A equipa cabo-verdiana classificou-se na última posição, com um ponto, fruto de um empate e duas derrotas, numa prova que contou com a participação de AS Mande, do Mali, Determine Girls, da Libéria, e AS Dakar Sacré Coeur, do Senegal.

MJB/CP

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos