Presidente do INE reconhece necessidade de profunda reflexão sobre processo de produção e difusão das estatísticas oficiais

Cidade da Praia, 20 Out (Inforpress) – O presidente do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), Osvaldo Borges, reconheceu hoje, na Cidade da Praia, que há na instituição a necessidade de uma “profunda reflexão” sobre o processo de produção e difusão das estatísticas oficiais.

Osvaldo Borges falava na abertura de um debate sobre o significado de dados confiáveis para conectar o mundo, promovido pelo Instituto Nacional de Estatística, no âmbito do Dia Mundial de Estatística, que se assinala hoje, 20 de Outubro.

Sobre esta data, o presidente do INE referiu que esta data “mostra claramente” que é destinada para ter o reconhecimento do papel da estatística no processo de tomada de decisão”.

“Nós aqui em Cabo Verde, o INE, pela sua missão e atribuição, é o órgão executivo central do sistema estatístico nacional e tem a responsabilidade de organizar os inquéritos, o censo, divulgar toda a informação sobre a situação populacional, habitacional, a situação económica, social, cultural e outras características que são importantes para a população”, continuou.

Sobre o lema deste ano, “Conectando o mundo com dados confiáveis”, Osvaldo Borges comentou que “muito importante” e que “mostra claramente” que no INE há necessidade de uma “profunda reflexão” sobre o processo de produção e difusão das estatísticas oficiais.

“Esse lema não surgiu do nada, está muito associado a data e ao momento que nós convivemos. Isto porque há uma incerteza em quase tudo sobre esta pandemia”, frisou o presidente do INE defendendo que as informações têm de ser confiáveis e de qualidade para evitar o surgimento de problemas.

Por outro lado, acrescentou que este lema mostra que há necessidade de relacionar todas essas informações confiáveis, com informações geoespaciais, que passa por identificar onde estão os casos e como é que evoluem para que se possa ver e tomar decisões que sejam mais alicerçadas, não só no tempo, mas também no espaço.

“Daí que é fundamental divulgar informações confiáveis para que nós todos possamos prevenir contra esta pandemia, ou outras que poderão surgir”, disse Osvaldo Borges, defendendo a criação de um ecossistema de dados mais “robustos e resilientes” em Cabo Verde.

O Dia Mundial da Estatística celebra-se a cada cinco anos a 20 de Outubro, assim designado pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Esta data procura assinalar a importância das estatísticas oficiais e o seu valor, enquanto bem público, no poder de decisão dos governantes, organizações e cidadãos.

A efeméride foi proclamada na sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas de 03 de Junho de 2010.

GSF/DR

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos