Presidente da República reage com satisfação à aprovação do projecto de convenção sobre mobilidade na CPLP

Cidade da Praia, 19 Fev (Inforpress) – O Presidente da República manifestou hoje a sua satisfação por ver aprovado o projecto de convenção sobre a mobilidade na CPLP apresentado pela presidência cabo-verdiana.

O Presidente da República escreveu na sua página da rede social facebook, que o projecto foi aprovado por unanimidade, com as alterações que resultaram da contribuição de todos os Estados-Membros, na última sessão da reunião técnica conjunta, ocorrida a 17 e 18 do corrente mês de Fevereiro.

“Na verdade, a XII Conferência dos Chefes de Estado e de Governo, em Santa Maria, Ilha do Sal, realizada nos dias 17 e 18 de julho de 2018, e a que tivemos o privilégio e a honra de presidir, tendo como lema “as pessoas, a cultura e os oceanos”, assumiu, de forma muito ambiciosa e pragmática, a aposta na mobilidade como instrumento essencial na transformação progressiva da CPLP numa verdadeira comunidade de povos e de cidadãos”, ressaltou.

O Chefe de Estado cabo-verdiano escreveu, ainda, que a XII conferência adoptou decisões concretas, encarregando os órgãos da CPLP (nomeadamente o Conselho de Ministros, as Reuniões Ministeriais da Justiça e da Administração Interna, o Comité de Concertação Permanente e a Reunião Técnica Conjunta) de responsabilidades concretas e calendarizadas com vista à concepção de um projecto de convenção sobre a mobilidade.

Conforme o Presidente cabo-verdiano foram já cumpridas as principais etapas delineadas, estando tudo na fase final.

Na sua reacção, face a aprovação do documento, Jorge Carlos Fonseca indicou que depois da realização de três conselhos de ministros, duas reuniões dos ministros de Interior e da Administração Interna, uma reunião dos ministros de Justiça e seis sessões da reunião técnica conjunta, deu-se mais um passo de “enorme relevância e alcance para Cabo Verde e para a organização”. 

“Esperamos que, no final do próximo mês de Março, o projecto seja avalizado pelo conselho de ministros da CPLP, para que, em Julho, na cidade de Luanda, seja submetido para aprovação dos Chefes de Estado e de Governo”, concluiu.

PC/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos