Presidente da República diz que associação dos municípios deve ajudar a promover a estabilidade institucional

Cidade da Praia, 16 Dez (Inforpress) – O Presidente da República considerou hoje que a associação dos municípios deve ser capaz de ajudar a promover a estabilidade institucional, para além de ser um espaço de debate de questões sobre aproveitamento do municipalismo democrático.

Jorge Carlos Fonseca fez esta apreciação aos jornalistas minutos antes de presidir um encontro com os eleitos municipais recém-saídos das eleições autárquicas de 25 de Outubro, que se encontram na Cidade da Praia, no âmbito do IX Congresso da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde (ANMCV), que teve lugar no dia 15.

Segundo o chefe do Estado, este encontro é uma forma de felicitar os eleitos municipais, desejar sucesso aos novos corpos dirigentes da ANMCV e trocar impressões sobre o papel que lhes cabe no aprofundamento da democracia local e no fortalecimento do poder local democrático.

A seu ver, a ANMCV deve ser um órgão de reflexão, de debate de questões que tem a ver com o aproveitamento do municipalismo democrático, um espaço de concertação de diálogo interinstitucional e, quiçá, aludiu, um organismo capaz de ajudar a promover a estabilidade institucional.

“Ainda deve ser capaz de favorecer o desenvolvimento das populações, sem esquecer, naturalmente, o comprimento das regras de democracia, de conforto democrático, de diferença entre as diferentes correntes nos confrontos democráticos, nomeadamente nos períodos eleitorais”, sublinhou Jorge Carlos Fonseca.

Outro assunto que o chefe de Estado deve abordar com os autarcas é a questão da pandemia da covid-19 e os desafios que se impõem ao municipalismo e às autoridades no seu combate.

Jorge Carlos Fonseca aconselha-os a terem uma atitude de proximidade com as populações, com vista a potencializar o desenvolvimento económico e o bem-estar dos munícipes.

AM/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos