Presidente da República considera que Boa Vista precisa de cuidados especiais

Sal Rei, 19 Abr (Inforpress) – O Presidente da República, José Maria Neves, avaliou hoje que Boa Vista precisa de “cuidados especiais”, de “fortes” investimentos para ganhar em termos de competitividade e prometeu usar a sua magistratura de influência em prol da ilha.

O Chefe de Estado fez esta consideração após o encontro com o presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, Cláudio Mendonça, e a equipa camarária, tratando-se do primeiro ponto da sua agenda de três dias de visita à ilha da Boa Vista.

Na sua primeira avaliação da ilha, decorrente da pandemia, o Presidente da República (PR) falou numa “enorme devastação” desde logo da economia na Boa Vista, o desemprego e “enormes dificuldades” para a retoma.

“Depois temos a seca, e a escassez da água com impacto muito forte na produção agrícola e pecuária e temos agora escalada de preços também com a guerra na Europa e a ilha precisa de muitos investimentos de cuidados especiais para a retoma do turismo”, afirmou.

José Maria Neves defendeu ainda que, por se estar num momento crucial, é preciso apoio para que haja retoma do turismo e, acrescentou, a ilha também tem os desafios designadamente no domínio da saúde, da habitação, do saneamento, da requalificação urbana.

Daí que, considerou o PR, a ilha precisa sobretudo de “fortes investimentos” para ganhar em termos de competitividade e para poder realizar o ‘take off’, precisando igualmente, neste momento crucial, de “combustível para acelerar o passo e ganhar o futuro”.

O Chefe de Estado avançou que vai usar a magistratura de influência em todas as questões, e voltou a frisar que a ilha precisa de um plano abrangente para poder acelerar o passo.

“Boa Vista cresceu, está num momento crucial e precisa de um forte apoio para fazer o take off e acelerar o passo”, observou, insistindo que a ilha “precisa de um olhar especial do Governo” para não haver retrocesso designadamente com a “devastação” provocada pela pandemia, pela seca e também com “esta grande escalada de preços”.

José Maria Neves advogou igualmente que “não se pode continuar com a precariedade e com problemas de evacuação na ilha da Boa Vista e que é preciso resolver esta questão, sendo a questão da saúde na ilha um aspecto essencial”.

A requalificação urbana e a questão de saneamento e toda a problemática de habitação, foram outras questões que o Presidente da República, José Maria Neves apontou como sectores que merecem um cuidado especial e uma forte parceria entre o Governo e a Câmara Municipal da Boa Vista e haver na ilha uma agenda “clara” para a retoma da economia.

VD/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos