Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidente da JPAI visita casas que recebem doentes de Cabo Verde em Dacar e constata “grandes dificuldades”

Cidade da Praia, 04 Set (Inforpress) – O presidente da JPAI encontra-se no Senegal onde inteirou-se da situação da estadia dos doentes que vão de Cabo Verde para tratamento médico na cidade de Dacar e constatou “grandes dificuldades”.

A iniciativa, segundo postou a Juventude do PAICV (Partido Africano da Independência de Cabo Verde – oposição) na sua página do Facebook, permitiu que Fidel Cardoso de Pina conversasse com os doentes e os responsáveis das casas que acolhem os enfermos cabo-verdianos.

A visita, realça JPAI, teve ainda como preocupação conhecer os principais constrangimentos que enfrentam os cabo-verdianos que buscam saúde em terras amigas.

Neste particular, dizem ter constatado que a maior parte dos doentes que estão em Dakar encontra-se em “grandes dificuldades”.

“Não obstante ao respeito e gratidão que temos dos países, nomeadamente Portugal, que vêm doando os seus serviços e restaurando esse bem maior, que é a saúde, aos pacientes cabo-verdianos, é indiscutível que cabe ao Governo de Cabo Verde buscar novas parcerias no campo de evacuações para evitar a saturação desses mesmos sistemas alheios”, lê-se na rede social da JPAI.

Ainda segundo o presidente da JPAI, Senegal, para além da sua localização geográfica ser propícia e o facto de não haver a necessidade de atribuição de vistos ser bastante conveniente, poderá ser uma boa opção de parceria a ser levado em devida consideração.

Isso porque, justifica Fidel de Pina, Senegal dispõe de capacidades ímpares e muito favoráveis para o desenvolvimento de parcerias melhor estruturadas, e quiçá sólidas, em áreas como a da saúde.

Ainda no Senegal, Fidel Cardoso de Pina reuniu-se com o secretário-geral da Juventude Socialista do Senegal, Bounama Sall, com quem admitiu ter tido um encontro “produtivo e propício” para a comunhão de ideias e projectos progressistas com vista ao fortalecimento dos laços de cooperação e da mobilização da camada jovem para ingresso activo na vida política.

PC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos