Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidente da Associação das Mulheres Democratas destaca espírito batalhador de mães solteiras

Cidade da Praia, 08 Mar (Inforpress) – A presidente da Associação das Mulheres Democratas, Filomena Gonçalves, prestou hoje na cidade da Praia “uma grande homenagem” às mulheres cabo-verdianas, destacando o espírito batalhador das mulheres chefes de famílias monoparentais, que conseguem educar seus filhos com valores.

Filomena Gonçalves falava aos jornalistas, à margem de uma conferência intitulada” A educação em tempo de pandemia: realidade e desafios”, promovida pelo Movimento para Democracia (MpD-poder) e a Associação das Mulheres Democratas e que contou com as conferencistas Constantina Afonso, Eleonora Sousa e a moderação de Luísa Freire Tavares.

“Nós estamos a realizar esta conferência em parceria com o MpD, porque nós entendemos que o 8 de Março é uma data indelével, que ficou e continuará sempre na história da humanidade pelo triunfo das mulheres na reivindicação de muitos direitos (…) desde 1921, quando foi institucionalizado, conquistaram-se muitos direitos, mas ainda há muitos por conquistar e, sobretudo, há que consolidar os direitos que existem nos textos das leis, mas que na prática não se efectivam”, afirmou.

Ainda nas suas declarações, Filomena Gonçalves realçou aquilo que chama de “parte positiva” das mulheres na sociedade, prestando “uma grande homenagem”, sobretudo às mulheres cabo-verdianas que são chefes de famílias monoparentais.

“Temos vários casos de sucessos de mães que, não obstante todo o sacrifício que fazem com muito amor e espírito na entrega, conseguem cuidar dos filhos, conseguem suportar os custos dos estudos dos filhos, conseguem educar os filhos com valores. Temos muitos quadros superiores hoje que estão na linha da frente deste País, que são filhos de mães solteiras, e não só, que vêm de famílias humildes, mas que com muita dedicação, sobretudo o espírito de entrega, o desafio que caracteriza as mulheres cabo-verdianas, conseguem lá chegar”, ressaltou.

Quanto à escolha do tema da conferência, Filomena Gonçalves explicou que se justifica, sobretudo, pelos desafios no sector num contexto de pandemia.

“Temos aqui uma sala repleta de professoras (…) tudo fizeram, não obstante o contexto da pandemia, para fazerem chegar a educação a todas as crianças, em todos os cantos de Cabo Verde. Eu acredito que isto ficará para a história do nosso País e é mais um ponto positivo em como nós mulheres, sem descurar os homens, querendo, conseguiremos, perante todos os desafios, alavancar o nosso país”, finalizou.

GSF/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos