Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidente chinês pede abertura e cooperação em ciência e tecnologia

Beijing, 25 Set (Inforpress) – O presidente chinês, Xi Jinping, pediu na sexta-feira a todos os países que fortaleçam a abertura e a cooperação em ciência e tecnologia.

Xi fez este pedido num discurso por vídeo na cerimônia de abertura do Fórum Zhongguancun 2021 (Fórum ZGC), que é realizado de 24 a 28 de Setembro em Beijing.

O Presidente da China observou que hoje em dia profundas mudanças não encontradas em um século estão evoluindo rapidamente no mundo e que o impacto da pandemia da COVID-19 é de longo alcance, apresentando severos desafios para a recuperação da economia global.

Todos os países do mundo precisam fortalecer a abertura e a cooperação em ciência e tecnologia, explorar maneiras e meios de resolver conjuntamente importantes questões globais por meio da inovação científica, enfrentar os desafios do momento juntos e promover a nobre causa da paz e do desenvolvimento para todos, disse Xi.

Ele sublinhou que o desenvolvimento da ciência e tecnologia deve ter uma visão global, captar o pulso dos tempos e acompanhar de perto as novas exigências da produção e da vida da humanidade.

Segundo o presidente, a China atribui grande importância à inovação em ciência e tecnologia e está comprometida em promover a cooperação global em inovação em ciência e tecnologia.

A China fortalecerá os intercâmbios internacionais de ciência e tecnologia com uma atitude mais aberta e participará activamente de redes globais de inovação para promover conjuntamente a pesquisa básica e impulsionar a aplicação de realizações de ciência e tecnologia, de modo a promover um novo impulso de crescimento para o desenvolvimento econômico, assinalou ele.

A China fortalecerá a protecção dos direitos de propriedade intelectual e criará um eco-sistema de inovação de primeira classe. O país também moldará o conceito de desenvolvimento de ciência e tecnologia para bons propósitos, melhorará a governança científica global e aumentará o bem-estar da humanidade, acrescentou.

A mesma fonte observou que a Zhongguancun é a primeira zona de demonstração de inovação independente nacional da China e o Fórum ZGC é uma plataforma de nível estatal para intercâmbios e cooperação de inovação científica e tecnológica global.

A China apoia a Zhongguancun a realizar uma nova rodada de reformas piloto, acelerar a construção de um parque de ciência e tecnologia líder mundial e fazer novas contribuições para a promoção de intercâmbios e cooperação globais de inovação em ciência e tecnologia, continuou.

Com o tema “inteligência, saúde e neutralidade de carbono”, o fórum deste ano é organizado em conjunto pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, a Academia Chinesa de Ciências, a Associação Chinesa de Ciência e Tecnologia e o governo municipal de Beijing.

A Zhongguancun, agora conhecida como o Vale do Silício da China, era um vilarejo desconhecido antes da fundação da República Popular da China em 1949. Graças à distribuição estratégica de recursos científicos e educacionais do país, o pequeno vilarejo na capital chinesa inaugurou uma era de ouro de inovações tecnológicas.

Inforpress/Xinhua

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos