Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidente cabo-verdiano quer que visita à Angola marque a “redinamização” das relações entre os dois países (c/vídeo)

Luanda, 09 Jan (Inforpress) – O Presidente da República, José Maria Neves, mostrou-se hoje em Luanda, no início da visita de Estado que faz à Angola até quarta-feira, “expectante” que esta deslocação venha redinamizar as relações entre os dois países de expressão portuguesa.

O Chefe de Estado cabo-verdiano, que prestava declarações à Inforpress e à Rádio e Televisão de Cabo Verde começou por dizer que Angola é um país “muito amigo” de Cabo Verde, onde “há uma importante comunidade” cabo-verdiana.

“Desde 1975 temos tido uma relação de amizade e de cooperação muito forte. Angola tem ajudado enormemente Cabo Verde no seu processo de desenvolvimento e, portanto, aqui em Angola sinto-me absolutamente em casa. Para além de ser um país de que eu gosto muito pela sua beleza paisagística, pela amizade das suas gentes e pela forma que se assume aqui na região e a nível do continente”, completou.

José Maria Neves prosseguiu afirmando que é intenção de Cabo Verde haver “uma forte aceleração” do ritmo de parceria entre os dois países.

“As relações são excelentes, mas queremos elevar essas relações a um nível de parceria estratégica, queremos que as empresas, as universidades e as instituições públicas possam reforçar as relações de amizade e cooperação com Cabo Verde e que Cabo Verde se transforme numa plataforma de negócios de Angola naquela região. Há grande potencialidades em várias áreas, espero que desta visita possamos lançar as bases para a redinamização dessas relações entre os dois países”, sublinhou.

José Maria Neves, que vai estar na segunda-feira, 10, num frente a frente com o seu homólogo angolano, João Lourenço, no Palácio da Cidade Alta, anteviu que os dois chefes de Estado irão falar de assuntos como a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, mais precisamente do Acordo de Mobilidade.

“Há agora a possibilidade dos países aprofundarem esse acordo através de instrumentos adicionais de parceria bilateralmente ou multilateralmente, mas temos todo o interesse em, o mais rapidamente possível, assinar com Angola os novos instrumentos adicionais de parceria no quadro do Acordo de Mobilidade”, continuou.

O Presidente da República de Cabo Verde manifestou ainda o desejo do arquipélago em também ver se Angola poderá acelerar parcerias com Cabo Verde no domínio dos transportes (aéreos e marítimo) e também no domínio do turismo.

“Os detalhes da parceria no domínio dos transportes estão a ser discutidos com o Governo. O ministro dos Transportes de Angola esteve recentemente em Cabo Verde e há o interesse de Angola em estabelecer parcerias com a nossa companhia (TACV), permitindo que haja a possibilidade de realização de conexão de Cabo Verde com toda a região oeste africana. Mas as questões estão a ser discutidas entre os dois governos para que se chegue a um entendimento. Desde logo, queremos que haja retoma dos voos Luanda – Cabo Verde para podermos, de novo, reforçar a mobilidade de pessoas e bens entre os dois países”, explicou.

José Maria Neves iniciou hoje uma visita de Estado à Angola que termina na próxima quarta-feira, 12. Da delegação fazem parte membros do Governo, representantes dos partidos políticos e das câmaras de comércio.

O ponto mais alto desta visita é um encontro com o Presidente da República de Angola, João Lourenço, na segunda-feira, 10 de Janeiro, às 11:00, no Palácio Presidencial, seguido de uma declaração conjunta à imprensa.

Angola é o primeiro país a ser visitado pelo Presidente de Cabo Verde, desde que tomou posse a 9 de Novembro de 2021. O convite foi feito por João Lourenço quando assistiu à posse de José Maria Neves.

GSF/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos