Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Presidenciais’2021: Se for eleito José Maria Neves promete atenção especial às mudanças climáticas e transição energética

Ponta do Sol, 14 Out (Inforpress) – O candidato presidencial José Maria Neves garantiu esta quarta-feira num comício em Ribeira Grande, Santo Antão, que se for eleito Presidente da República dará uma “atenção especial” às questões relacionadas com as mudanças climáticas e a transição energética.

José Maria Neves explicou que, tendo em conta as fragilidades ecológicas de Cabo Verde, enquanto pequeno Estado insular no meio do Atlântico, é preciso que o chefe de Estado preste “muita atenção” aos efeitos das mudanças climáticas.

“Vamos ter que prestar atenção na acidificação dos oceanos, aumento de temperatura, aquecimento global, o aumento de nível de águas dos oceanos, a poluição e todos os efeitos nefastos de mudanças climáticas”, disse.

Outra prioridade da sua agenda tem que ver com a transição energética. O candidato adiantou que, enquanto primeiro-ministro (2001 a 2016), construiu parques solares e eólicos e que já em 2016, quando deixou o Governo, o país já tinha uma taxa de penetração de 30%, sendo que a meta era atingir os 50% em 2020 e 100% em 2030.

“Enquanto Presidente da República proponho mobilizar as famílias, as empresas e a sociedade no geral para que o país possa ter mais penetração das energias renováveis para reduzir o preço de energia e ter mais eficiência energética em Cabo Verde”, explicou, apontando a transição digital como outra prioridade da sua agenda.

Na véspera de encerrar a campanha eleitoral para as eleições de 17 de Outubro, o candidato de “Djunta Mon Kabésa y korason” reiterou que que pela sua experiência de governação e percurso político está “melhor preparado” para garantir a estabilidade e o equilíbrio na governação nos próximos anos.

José Maria Neves argumentou frisando que nos 15 anos em que foi primeiro-ministro trabalhou com três Presidentes da República de áreas políticas diferentes, com percurso e ideário político e projecto de vida completamente diferentes.

“Apesar de diferentes garantimos o equilíbrio, a estabilidade e, sobretudo, garantimos soluções para o desenvolvimento de Cabo Verde”, sustentou, assegurando que se for eleito será um presidente imparcial, aberto a todas as sensibilidades políticas e sociais.

José Maria Neves disse dispor de dados que o coloca na frente da corrida presidencial e pediu ao povo de Santo Antão e de Cabo Verde que votem na sua candidatura para garantir uma vitória na primeira volta, como forma de evitar que o Estado em crise, tenha que suportar uma segunda volta das eleições.

Nas presidenciais do dia 17 de Outubro, concorrem outros seis candidatos – Fernando Delgado, Gilson Alves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta com 74% dos votos, para um segundo mandato.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos